Ao som de jazz, CM entrega medalha a Juca Jazz

A Câmara Municipal de Americana realizou na terça-feira (6) a solenidade de entrega de medalha de mérito ???Princesa Tecelã??? a Juarez Godoy, idealizador do movimento ???Juca Jazz???. A homenagem foi motivada por projeto de decreto legislativo de autoria do vereador Marco Antonio Alves Jorge, o Kim (MDB).
Participaram da solenidade a vereadora Maria Giovana (PC do B) e o vereador Marco Antonio Alves Jorge, o Kim, além de familiares, convidados e amigos do homenageado. A cerimônia contou com sonorização do DJ Viny Blanco e uma apresentação musical do trio Juca Jazz, composto pelos músicos Márcio Lemos (guitarra), Heber Pequeno (bateria) e Aroldo Luvisotto (contrabaixo).
Durante o uso da palavra, o presidente da sessão afirmou estar feliz em poder proporcionar a homenagem a Juarez. ???Ele tem feito muito por Americana. Conheci-o cantando no Corda Coral de Americana e quando vi aquele coral diferente, animado, moderno, me interessei e até me inscrevi para conseguir uma vaga nem movimento de musical. Juarez era um articulador e sempre ajudava todos na horas dos ensaios. Depois veio o ???Juca Jazz??? que pegou, contaminou e cresceu tanto que motivou a Câmara Municipal a criar um dia municipal do Jazz e o incluir no calendário oficial da cidade. Só tenho que parabenizá-lo???, falou Kim, autor da homenagem.
Juarez usou a palavra para agradecer a honraria. ????? uma grande honra receber a medalha Princesa Tecelã. Quero agradecer a todos que fazem parte dessa luta, porque mesmo sem recursos e com apoios limitados – valorosos, mas limitados ???, a gente consegue fazer bastante. Compartilho esse prêmio com todos os artistas da cidade, principalmente com os músicos. Muito obrigado pela homenagem???, finalizou. BiografiaJuarez Santos Godoy é natural de São Paulo e reside em Americana desde os 5 anos de idade. ?? Repórter Fotográfico e Fotógrafo de Publicidade desde 1986. Recebeu vários prêmios em concursos fotográficos. Fez exposições individuais no Brasil e também na França em duas ocasiões.  Em 2002, lançou uma série de Cartões Postais de Americana. ?? autor do livro de arte fotográfica ???Memória Viva de Americana???, 2011 ??? Editora Adonis e tem participação em vários outros.
Participa ativamente de atividades culturais desde meados dos anos 70. Foi conselheiro do Museu de Arte Contemporânea de Americana e do Conselho Municipal de Cultura. Como percussionista, participou durante alguns anos do Carnaval de Rua de Americana e dos primeiros festivais de música popular brasileira. Foi vocalista e um dos pioneiros do CORDA???Coral de Americana. Recebeu o Prêmio ???Destaques Culturais do Ano??? na categoria Artes Visuais por dois anos consecutivos: 2010 e 2011, e na categoria música em 2018. Recebeu o título de “Cidadão Americanense” da Câmara Municipal em 2013. Mantém seu estúdio de fotografia publicitária em Americana, sendo um dos pioneiros na região. Em 2018, completou 37 anos de atividade e 32 de profissão. Como produtor cultural, criou em 2016 o Movimento Juca Jazz, que abriu espaço para os músicos em apresentações mensais, além de incluir Americana oficialmente, como a primeira cidade do interior do Estado, na celebração mundial do Dia Internacional do Jazz – promovido pela UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Sob sua organização, em 2018, Americana novamente participou oficialmente desse evento, que envolve mais de 190 países, celebrando também, pela primeira vez, o Dia Municipal do Jazz.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE