Anvisa aprova medicamento para câncer de próstata

A ANVISA acabou de liberar o uso da substância Enzalutamida para o tratamento dos pacientes com câncer de próstata resistentes a castração mas ainda não metastáticos. Essa liberação se baseia nos resultados excelentes obtidos com a substância e publicado  no New England Journal of Medicine (uma das revistas de maior impacto científico no mundo). 
Os resultados parciais do estudo demonstraram uma mediana de sobrevida livre de metástases de 22 meses a mais (quase 2 anos!) em comparação com o grupo placebo. Antes dessa liberação utilizávamos a molecula anterior a essa, no caso a bicalutamida, que possui uma eficácia muito inferior. Essa liberação é muito importante pois antecipa o uso dessa medicação antes das metástases e melhora ainda mais o tratamento do câncer de próstata avançado. Nos EUA já existe uma outra molécula chamada Apalutamida, que ainda não temos no Brasil, que promete resultados também muito bons.  
Benefícios aos pacientes
Antes dessa liberação. Os pacientes resistentes ao tratamento hormonal nao tinham nenhuma medicação efetiva aprovada para o uso exceto após o surgimento de metástases. Com a liberação, esses pacientes se beneficiam de um tratamento antes do agravamento desse quadro, retardando de 14 para 36 meses (de acordo com o estudo) o surgimento de metástases.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE