Análise: Aposta alta na eleição pra governador

O rompimento entre PSDB e governo Omar Najar (MDB) faz crescer o peso da eleição para governador de São Paulo que acontece no próximo dia 28.
Em seu estilo sem meias palavras, Omar foi ao evento de apoio a Márcio França (PSB) na segunda-feira e rasgou o verbo atacando o PSDB e seus representantes no estado. O PSDB parecia que ia aguentar, mas Omar foi instado a falar mais e o caldo entornou.
MÁGOAS- Omar expôs que esperava ter mais ajuda do PSDB da cidade, mas os tucanos ‘sofreram’ calados o que consideram baixo empenho do prefeito na reeleição dos deputados na eleição passada. E também reclamam que o deputado estadual Chico Sardelli (PV) tem enorme espaço na administração.
E agora tudo fica para o resultado do próximo dia 28. Vencedor o PSDB, os Macrises vão ocupar espaços e lutar com todas as forças para ter candidato forte na sucessão de Omar.
Em caso de vitória de França, o PSDB vai ter que aprender a ser oposição em SP e tentar se recompor para fazer o ataque local em 2020.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE