Andia vai pra rua pós enchente

O prefeito de Santa Bárbara d???Oeste, Denis Andia, coordenou nesta quinta-feira (17) a força-tarefa realizada pela Prefeitura em vias do Jardim Conceição, principal área atingida no município com o transbordamento do Ribeirão dos Toledos em decorrência do rompimento de duas represas particulares de Capivari e Santa Bárbara. Assim como nesta quarta-feira (16), Denis conversou com os moradores e donos de estabelecimentos comerciais afetados pela água, proporcionando todo o suporte e apoio necessário por meio das equipes de trabalho da Prefeitura. Denis visitou também durante o dia as regiões do Jardim Santa Alice, Vila Sartori, Jardim Belo Horizonte, Jardim Icaraí e Batagin, demais áreas em que o Ribeirão dos Toledos transbordou. Toda a ação conta com apoio de diversos setores da Prefeitura, como Secretaria de Obras e Serviços, Secretaria de Meio Ambiente, Secretaria de Governo, Secretaria de Saúde, Secretaria de Promoção Social, Guarda Civil Municipal, Defesa Civil, CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), DAE (Departamento de Água e Esgoto), entre outros. ???Hoje foi um dia de acolhimento, envolvendo diversos setores da Prefeitura. Fornecemos materiais de limpeza, refeições, entre tantos objetos necessários a quem foi atingido. Santa Bárbara viveu uma situação atípica, com o rompimento de duas represas particulares, trazendo toda essa água para o Ribeirão dos Toledos e causando esse transbordamento???, afirmou o prefeito. ???Sabemos que foi essa situação inesperada que causou esse problema. Nossas represas estão controladas e as obras antienchente realizadas surtiram efeito. Exemplo disso é que Santa Bárbara d???Oeste foi uma das únicas da região a não ter problemas mesmo com as fortes chuvas de dezembro, janeiro e fevereiro???, disse Denis. Nesta quinta-feira (17) a Defesa Civil de Santa Bárbara d???Oeste realizou vistorias, visitas domiciliares e fornecimento de material de limpeza.  Por sua vez, a Vigilância Sanitária segue realizando vistorias nas residências afetadas como programação da força-tarefa realizada. O órgão segue em Estado de Atenção. Por sua vez, a Defesa Civil do Estado de São Paulo ofertou para o Município a doação de kits de limpeza, cestas básicas e colchões. Devido ao rompimento das represas particulares foram inundados 99 residências, três prédios públicos e dez estabelecimentos comerciais.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE