Amigos das Árvores retoma plantios em Nova Odessa

Desenvolvido por um pool de empresas em parceria com as secretarias de Educação e Meio Ambiente, projeto promove conscientização ambiental de alunos da rede pública

“Estamos ajudando a construir cidadãos de bem. Uma pessoa com consciência ambiental não quebra árvores, não destrói a natureza. E este zelo pelo meio ambiente deve ser estimulado desde a infância.” ?? desta maneira que o empresário Breno de la Rue define a importância do projeto Grupo dos Amigos das Árvores que, através de uma parceria entre um pool de empresas e as secretarias de Educação e Meio Ambiente de Nova Odessa, pretende plantar 30 mil mudas de árvores nativas e frutíferas na cidade.
O GAA é formado pelas empresas Profil Indústria e Comércio de Fios, Ortofil/Ortobom Indústria e Comércio e Serviços, KSPG Automotive do Brasil e Daune Travesseiros de Penas Ltda, e conta com assessoria técnica de Harri Lorenzi, do Instituto Plantarum, e de Carlos Pitoli, da Natuflora, responsáveis pela orientação de escolha de mudas e procedimentos. Também parceira na iniciativa, a Prefeitura é responsável pela disseminação do projeto junto às crianças e também acompanha e orienta os plantios.
Iniciado em 2015, o projeto do GAA começa 2016 celebrando a marca de 3.800 mudas distribuídas aos alunos da rede pública de ensino ??? somando esta etapa que está sendo realizada junto aos alunos do Ensino Fundamental ??? e com previsão de chegar, até o final do ano, ao total de 10 mil mudas entregues.
Nesta semana, todos os alunos do Ensino Fundamental das Emefeis (Escolas Municipais de Ensino Fundamental e Educação Infantil) Prefeito Simão Welsh e Professora Augustina Adamson Paiva participaram de plantios e receberam suas mudas para plantar em casa. Nas próximas semanas, outros alunos da rede participarão da ação.
O diferencial desta iniciativa pioneira do GAA em Nova Odessa é que, além dos conhecimentos teóricos sobre plantio e preservação do meio ambiente, as crianças são incentivadas desde cedo a cuidar da natureza, já que recebem uma muda de árvore nativa ou frutífera ??? da espécie que quiserem – para plantar em sua casa ou no local que desejarem.
Idealizador do projeto, Breno lembra que as crianças que estão participando do plantio terão a oportunidade de acompanhar o crescimento das mudas. “Além das mudas que recebem para levar para suas casas, elas também participam de um plantio na escola, onde recebem orientações gerais. Como ainda ficarão alguns anos na escola, estas crianças poderão ver suas árvores crescer e saborear os frutos que darão”, disse.
Secretário do GAA, Rui Antônio Procópio destacou ainda que as crianças têm importante função de multiplicadoras do conhecimento e que os ensinamentos recebidos através da iniciativa são repassadas aos amigos e familiares. “Elas vão levar para suas casas o que aprenderam, vão cobrar dos pais que contribuam para a proteção ambiental”, afirmou.
TODOS GANHAM ??? “Gostei muito de plantar a muda. ?? importante essa ação para a natureza ter mais vida”, disse a estudante Júlia Bueno, 9 anos, que participou do plantio de uma muda de pitanga na Emefei Prefeito Simão Welsh. Junto de outros alunos da escola, ela acompanhou as instruções passadas pela equipe da Secretaria de Meio Ambiente.
Vice-diretor da Emefei, André Araújo ressaltou a importância do projeto junto às crianças. “Os alunos estão muito empolgados em participar do plantio na escola e receber suas mudas. ?? uma ação importantíssima que fará bem aos alunos, às famílias e à comunidade”, disse. Ele ressaltou que espera plantar mais mudas na escola, permitindo assim que as crianças possam acompanhar seu crescimento.
A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Andréa Souza, também destacou a parceria firmada com o GAA. “Estamos muito felizes e somos gratos por esta oportunidade que estão proporcionando aos nossos alunos, contribuindo para sua educação ambiental. Essas crianças estão nos ajudando a cuidar cada vez melhor de nossa cidade”, disse.
Secretária de Meio Ambiente, Carla Lucena também agradeceu o apoio do GAA. “Só temos a agradecer ao Breno e aos outros empresários por terem contemplado Nova Odessa com um projeto tão inovador como este”, afirmou.
Diretor de Projetos e Programas Educacionais, Achile Nicola Fosco afirmou que no ano passado o projeto foi desenvolvido com alunos da Educação Infantil e que, em 2016, contempla nesta etapa cerca de 2.800 estudantes do Ensino Fundamental.Além da distribuição das mudas a expectativa é, no futuro, criar minibosques nas escolas que receberam o projeto, permitindo aos alunos acompanhar o desenvolvimento das mudas. Estão programados ainda plantios em áreas públicas a serem indicadas pela Secretaria de Meio Ambiente.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE