Americanense se torna barbeiro de jogadores de futebol na Itália

O Americanense Vagner Tronchin, mais conhecido como Vaguinho, tem uma longa história até ter se tornado o barbeiro de times e jogadores de futebol na Itália.

Vaguinho, que morava no Jardim Brasil, em Americana, foi pra Itália pela primeira vez em 2010 atrás da cidadania Italiana pra tentar seguir carreira de jogador de futebol, sonho interrompido após o time de futsal em que atuava – série B italiana – falir, em 2011, o que fez com que o jovem, na época com 23 anos, voltasse para Americana.

De volta ao Brasil, na sua cidade natal, Vaguinho começou a trabalhar como pintor e passou por algumas fábricas, até que sua família o incentivou a iniciar um curso de barbeiro – profissão de seu cunhado -, em fevereiro de 2017.

Já em setembro desse mesmo ano, Vaguinho voltou à Itália para ajudar a irmã com o processo de cidadania e passaram 5 meses morando de favor na casa de um amigo e passou por alguns trabalhos necessários para se manter.

Ao NM, ele contou que um dia estava em um shopping quando viu um barbearia quando – incentivado por um casal de amigos – foi até o estabelecimento oferecer seus serviços, já que havia realizado o curso de barbeiro.

“Eu fui e eles estavam precisando para uma nova unidade da barbearia que iria abrir em outro shopping. Quando inauguraram a barbearia eu iniciei com eles( 05/04/2018). Eu não tinha experiência nenhuma e estava entrando na maior rede de barbeiros da Itália”, contou Vaguinho.

A vida do jovem mudaria quando um jogador de futebol cortou o cabelo com ele pela primeira vez.

“Ali minha vida começou a mudar, ele começou a apresentar todos os atletas do time e eu comecei a cortar de todos. E daí foi o passando palavra pra outro e hoje eu sou barbeiro oficial de 3 times profissional incluindo alguns jogadores de seleção, e mais alguns outros times que só corto quando fazem a preparação física, pois são muito distante. Hoje graças a Deus estou estabilizado e já tenho meu apartamento aqui. Isso tudo em apenas quase 4 anos”, disse.

Vaguinho hoje, aos 33 anos e morador da cidade de Mantova, é o barbeiro de jogadores como Victor de Lucia e Simone Guerra, do Feralpi Salò, Caio de Cenco do Carpi, Alexei Saveljevs da Seleção da Letônia e Filippo Guccione do Mantova, entre outros.

No último dia 7, em um jogo amistoso contra a Alemanha, Alexei Saveljevs – cliente de Vaguinho há 1 ano, foi responsável pelo gol da Seleção da Letônia.

 

 

 

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE