Edit

Americana veda nomeação de pessoas condenadas em cargos públicos

O vereadores de Americana aprovaram, nesta quinta-feira, o projeto de lei que veda a nomeação pela Administração Pública Direta e Indireta de Americana de pessoas condenadas pela Lei Federal Maria da Penha, Estatuto da Criança e do Adolescente, Estatuto da Pessoa com Deficiência e Estatuto do Idoso. O projeto é de autoria dos vereadores Lucas Leoncine (PSDB), Thiago Martins (PV), Vagner Malheiros (PSDB) e Professora Juliana (PT).

De acordo com a justificativa do projeto, o objetivo é “dar efetividade aos discursos de proteção aos direitos, igualdade e integridade das mulheres, das crianças e adolescentes, do deficiente e do idoso o presente projeto é posto como forma de impedir que a Administração Pública Direta e Indireta do Município de Americana seja maculada pela imoralidade em trazer ao serviço público pessoas com tal histórico”. 

COMPLEMENTO. A vereadora Professora Juliana afirmou que o projeto aprovado não é o suficiente para a moralização nos serviços públicos. De acordo com Juliana, é necessário a complementação com o trabalho de ressocialização com os agressores por parte do poder público. Juliana argumentou que isso também deveria estar regulamentado no projeto.

O projeto agora segue para aprovação ou rejeição do prefeito Chico Sardelli (PV).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE