Uso de máscaras. Americana vai apertar o cerco

Americana decidiu apertar o cerco pelo uso de máscaras. O Comitê de Combate à Covid-19, reunido nesta quarta-feira (17), deliberou pela ampliação no trabalho de fiscalização sobre o uso de máscaras nos estabelecimentos do município, assim como o cumprimento de todas as regras de distanciamento que garantam o funcionamento seguro dos espaços. A utilização do acessório é apontada com um dos principais instrumentos para se evitar o contágio da doença e atualmente é obrigatória em espaços públicos.

Leia mais- Americana tem dia recorde de casos da Covid-19

Desde que a utilização de máscaras se tornou uma obrigatoriedade, o trabalho da Uvisa (Unidade de Vigilância Sanitária) e da Gama se iniciou no sentido de orientação. A atuação ocorreu com notificações aos estabelecimentos, indicando aos comerciantes a necessidade de garantir que os trabalhadores estivessem devidamente equipados e que os comércios cobrassem dos clientes o cumprimento das regras de segurança.

A partir dos próximos dias, com aumento de pessoal, incluindo também membros do Comitê juntos à Gama e à Uvisa, o trabalho será intensificado e naqueles estabelecimentos em que já houve algum tipo de notificação, as empresas estarão sujeitas até ao fechamento de um estabelecimento em caso de reincidência.

“Diante de um quadro de pandemia, em que a Covid-19 avança, o formato atual de funcionamento dos estabelecimentos só seguirá acontecendo se todos fizerem a sua parte. Utilizar máscaras reduz o poder de transmissão da doença significativamente, portanto o comitê entende ser fundamental que todos continuem atentos às regras”, disse o secretário de Negócios Jurídicos de Americana, Alex Niuri.

O trabalho de conscientização vem ocorrendo também com o apoio da Unidade de Desenvolvimento Econômico e com representantes da Acia (Associação Comercial e Industrial de Americana) e demais entidades de classe. A cidade de Americana vem cumprindo todas as determinações estabelecidas pelo Governo do Estado de São Paulo, e segue hoje o Plano São Paulo, que propõe a reabertura gradual dos estabelecimentos comerciais.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE