Americana terá reservatório ‘pulmão’, afirma DAE

Foto Reprodução Facebook – Prefeitura de Americana
O diretor geral do departamento de água e esgoto de Americana (DAE), Zappia, usou a tribuna da Câmara Municipal nesta quinta-feira para falar sobre a atual situação da autarquia e a falta d’água que atinge a cidade. 
Entre várias medidas que estão sendo tomadas, a construção de um reservatório ‘pulmão’ deve ser a aposta para solucionar o problema. Ele deve ser construído na estação de tratamento de água – ou muito próximo dela – e é de onde será retirada a água para os bairros outras unidades de reservação. Além disso, trocas de redes antigas também estão previstas. 
Segundo Zappia, Americana possui 14 unidades de reservação operantes. O maior reservatório da cidade hoje possui 3 milhões de litros de capacidade, porém, está passando por um estado ‘deplorável’ na estrutura por ser da década de 50. 
“Ele não está aguentando mais, está vazando e inclusive correndo riscos estruturais. Nossa equipe já começou a trabalhar em um reservatório novo, que será como um pulmão”, disse. 
A cidade tem crescido e o sistema já não comporta o consumo. Diante do quadro, o diretor ainda afirma que o novo reservatório deve ser enorme. “Nosso calculo é que precisaríamos de no mínimo 5 milhões de litros, quando levamos isso para o prefeito Omar Najar para aprovação ele nos apertou e disse para fazer ainda maior, e então começamos nossos estudos para um reservatório de 10 milhões de litros”, explicou. 
Agora, a autarquia está fazendo os estudos de áreas, devido ao peso do reservatório que foi classificado como ‘monstruoso’. Zapia não deu prazos, mas afirmou que “é uma obra grande para mais de um ano”. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE