Americana seleciona professores temporários

A Secretaria de Educação de Americana retoma, a partir da publicação de edital no Diário Oficial Eletrônico neste sábado (20/7), o processo seletivo simplificado para contratação de professores temporários substitutos. O processo estava suspenso, mas a Justiça concedeu liminar e a Prefeitura prossegue, agora, com todo o trâmite. No Diário Oficial Eletrônico, será publicada a classificação inicial dos candidatos. O novo cronograma estabelece o prazo entre os dias 30 de julho e 7 de agosto para entrega dos documentos; e o dia 8 de agosto para apresentação de recursos. A homologação e publicação da classificação final estão previstas para 13 de agosto.  
O processo seletivo foi iniciado em fevereiro, quando foram estabelecidas as datas para inscrição. Mas uma liminar da Justiça suspendeu o processo logo depois de encerradas as inscrições. No início de julho, o Supremo Tribunal Federal concedeu nova liminar liberando o processo seletivo. Agora, a Prefeitura retoma o trâmite de onde parou.
O prefeito de Americana, Omar Najar, destacou que as contratações servirão para ampliar a capacidade de atendimento nas escolas e creches. “Nós tivemos um número grande de profissionais que pediram exoneração ou se aposentaram nos últimos dois anos. Esta contratação temporária permitirá reequilibrar o quadro de profissionais”, disse o chefe do Executivo.
São 53 vagas no total, sendo 25 vagas para professor de Creche substituto; 5 vagas para Professor de Educação Básica 1 (Educação Infantil Substituto); 15 vagas para Professor de Educação Básica 1 (Ensino Fundamental Substituto); uma vaga para professor Educação Básica 2 ( Peb 2) Substituto para cada uma das seguintes áreas: Artes, Ciências Físicas e Biológicas, Geografia, História, Educação Física, Inglês, Língua Portuguesa e Matemática. Esses profissionais atuarão nas escolas da rede pública municipal com o objetivo de suprir vacâncias, licenças, afastamentos e ausências de professores titulares efetivos.  Entre 2017 e início de 2019, 51 professores se desligaram da Secretaria de Educação, entre pedidos de demissão, aposentadorias e falecimentos.
A secretária de Educação, Evelene Ponce Medina, avalia como muito importante essa retomada, principalmente por mitigar a falta de professores na rede municipal de ensino e salienta que esses profissionais serão contratados por tempo determinado, de acordo com a necessidade da Administração Municipal. “Com essas contratações, supriremos a necessidade das eventuais substituições de professores que, por algum motivo, precisam faltar ao trabalho. Em breve, a Secretaria de Educação abrirá concurso público para selecionar profissionais para as vagas efetivas”, afirmou.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE