Americana recebe mais 6.225 doses da vacina AstraZeneca

A Vigilância Epidemiológica de Americana recebeu nesta terça-feira, 1º de junho, mais um lote contendo 6.225 doses da vacina AstraZeneca. A nova remessa de vacinas é destinada à primeira dose para os portadores de comorbidade com 30 anos ou mais e portadores de deficiência permanente, cadastrados no BPC (Benefício de Prestação Continuada) com a mesma faixa etária.

O município prossegue com a vacinação contra a Covid-19, tanto para primeira quanto para a segunda dose, por meio de agendamento no site www.saudeamericana.com.br, sendo que as agendas encontram-se abertas.

 

Grupos atualmente contemplados:

 

Primeira dose: Portadores de comorbidade com 30 anos ou mais; portadores de deficiência permanente cadastrados no BPC (Benefício de Prestação Continuada) com a mesma faixa etária; idosos com 60 anos ou mais, transplantados que estejam fazendo uso de imunossupressor com 18 anos ou mais e portadores de Síndrome de Down, também com 18 anos ou mais.

 

Segunda dose: Idosos com 64 anos, idosos com 80 anos ou mais, profissionais de saúde, profissionais da Educação e idosos com 68 anos ou mais.

 

Os portadores de comorbidades (ver relação abaixo) precisam apresentar comprovação por meio de receita ou relatório médico no ato da vacinação. A Vigilância Epidemiológica esclarece que os portadores de hipertensão arterial não precisam mais comprovar o uso de até três medicamentos, bastando agora atestar o consumo de apenas um remédio para o controle da doença. Os moradores, independente de cada grupo e faixa etária, também devem apresentar comprovante de endereço, além de um documento com foto e CPF.

Relação das comorbidades atendidas:

 

Diabetes Mellitus

Pneumopatias crônicas graves

Hipertensão arterial resistente (HAR)

Hipertensão arterial estágio 3

Hipertensão arterial estágio 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade

Insuficiência cardíaca (ICC)

Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar

Cardiopatia hipertensiva

Síndromes coronarianas

Valvopatias

Miocardiopatias e Pericardiopatias

Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas

Arritmias cardíacas

Cardiopatias congênitas no adulto

Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados

Doença cerebrovascular

Doença renal crônica

Imunossuprimidos

Hemoglobinopatias graves

Obesidade mórbida

Cirrose hepática

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE