Americana. Gov Bolsonaro reduz em 90% verba da Covid

O governo Jair Bolsonaro reduziu drasticamente o repasse de verbas para o combate à Covid em Americana. Para o combate à pandemia da Covid-19, a cidade recebeu, em 2020, R$ 47,9 milhões do governo federal e R$ 3,1 milhões do Estado. Neste ano, até 30 de abril, a verba recebida da União caiu para apenas R$ 960 mil, e do governo estadual, subiu para R$ 4,2 milhões. A redução é superior a 90% se aplicada a média de 2020.

A Secretaria de Fazenda de Americana realizou, na manhã desta quarta-feira (26), audiência pública para apresentar o cumprimento das metas fiscais do primeiro quadrimestre de 2021, conforme determinação da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Os números apresentados atestam uma situação contábil bastante positiva, com índices satisfatórios, em comparação com o mesmo período de anos anteriores, e o prefeito Chico Sardelli fez questão de destacar o empenho da Administração Municipal em manter as contas públicas em condições de excelência. “Estamos agindo com a máxima cautela pois, além do respeito à coisa pública, temos os efeitos de uma pandemia para combater com recursos principalmente municipais”, declarou.

Americana registra mais uma morte por Covid19 nesta quarta

Entre os pontos de destaque, vale ressaltar o superávit orçamentário apresentado nesse primeiro quadrimestre, de R$ 100.210.320,85. “Esse número demonstra que o Município mantém sua capacidade de recebimento apesar da pandemia, mas principalmente tem realizado uma gestão dos recursos públicos com responsabilidade e comprometido com a legalidade e a eficiência fiscal”, afirmou a secretária de Fazenda, Simone Inácio de França Bruno.

O gasto com pessoal está em R$ 385.685.120,98 (44,14%), o que corrobora a tese de seriedade na gestão pública e de uso do dinheiro público com responsabilidade. Na área da saúde, foram realizados investimentos importantes no Hospital Municipal, com o aumento do número de leitos e aquisição de respiradores, evitando, dessa maneira, a desassistência da população, com a aplicação do montante de R$ 74.960.166,34 (29,63%) e R$ 46.714.058,15 (18,47%) liquidado.

 

“Todos esses investimentos foram feitos mantendo nossa capacidade de pagamento dos fornecedores, salários dos servidores em dia, encargos sociais todos quitados, parcelamentos, precatórios e demais obrigações do Município”, conclui Simone.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE