Americana fica sem UBSs da RMC

A Região Metropolitana de Campinas dará início à construção de 26 novas UBS (Unidade Básica de Saúde) no prazo de 15 meses. As obras fazem parte do projeto “Saúde em Ação”, financiado pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), por meio da Secretaria de Estado da Saúde, cujo financiamento só foi possível porque a Agemcamp, através da Câmara Temática de Saúde, e o Conselho de Desenvolvimento desenvolveram em conjunto com a Unicamp um plano de fortalecimento da Saúde na Região. A RMC foi a única região metropolitana a ser contemplada pelo financiamento do BID pelo Governo do Estado de São Paulo.

O anúncio da ordem de serviço para as construções foi feito pela Diretora Regional de Saúde ??? Marcia Bevilacqua – na reunião ordinária do Conselho de Desenvolvimento, realizada em 18 de outubro no auditório do Ciesp, em Campinas.
 A ordem de serviço já foi publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo e contempla os seguintes municípios:
 
Artur Nogueira (1 UBS)Campinas (3 UBS)Cosmópolis (1 UBS) Holambra (1 UBS)Hortolândia (1 UBS)Indaiatuba (1 UBS)Itatiba (5 UBS)Jaguariúna (2 UBS)Nova Odessa (2 UBS)Monte Mor (2 UBS)Morungaba (1 UBS)Pedreira (2 UBS)Santa Bárbara d’Oeste (1 UBS)Sumaré (2 UBS)Vinhedo (1 UBS)

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE