Edit

Americana e Santa Bárbara reduzem intervalo da Pfizer para 21 dias

AMERICANA

Atendendo orientação da Secretaria Estadual da Saúde, Americana vai reduzir o prazo de intervalo entre a primeira e segunda dose da vacina Pfizer, passando de 12 semanas para 21 dias (três semanas), apenas para maiores de 18 anos, mantendo-se em oito semanas o intervalo para os adolescentes de 12 a 17 anos, 11 meses e 29 dias.

A medida entra em vigor a partir desta quinta-feira (21), isto porque as agendas desta quarta-feira (20) já foram contempladas com os imunizantes para quem ainda tinha prazo vencido com o esquema das oito semanas.

A Vigilância Epidemiológica orienta os moradores para se atentarem à data da primeira aplicação, que consta no cartão de vacinação. A partir desta data, o morador deverá contar 21 dias e então fazer o agendamento para receber a segunda dose quando vencer esse prazo.

 

SANTA BÁRBARA D’OESTE

Seguindo decisão do Governo do Estado de São Paulo, a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste antecipa de oito semanas para 21 dias o intervalo de aplicação da segunda dose da vacina contra Covid-19 da Pfizer/Biontech. A medida passa a valer a partir desta quarta-feira (20) para toda a população adulta (acima de 18 anos).

Já o intervalo de aplicação da segunda dose da vacina da Pfizer para adolescentes de 12 a 17 anos permanece em oito semanas (56 dias).

Sem necessidade de agendamento, pessoas maiores de 18 anos que tomaram a primeira dose da Pfizer há 21 dias ou mais já podem procurar de segunda a sexta-feira, das 9 às 16h30, os ginásios municipais “Djaniro Pedroso” (Rua Prudente de Moraes, 250, Centro), e “Mirzinho Daniel” (Rua Bororós, s/nº, Jardim São Francisco), e a Casa de Maria (Rua Mococa, 510, Jardim das Laranjeiras).

Já o prazo recomendado entre a primeira e a segunda dose do imunizante da AstraZeneca/Oxford segue em 12 semanas (84 dias), e no caso da Coronavac/Butantan, entre 21 e 28 dias depois da primeira dose. Somente a vacina da Janssen necessita de uma dose única para a imunização completa.

Para a aplicação da segunda dose a pessoa deve apresentar documento com foto, CPF e o cartão de vacinação. Importante ressaltar que em alguns casos as pessoas podem deixar de tomar a segunda dose por alguma contraindicação de momento, mas que após esse impedimento temporário devem completar o esquema vacinal o mais rápido possível.

Em caso de dúvidas gerais sobre a vacinação contra a Covid-19 no Município, a pessoa pode entrar em contato, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, pelo telefone 3455.1654.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE