Covid19. Americana e Santa Bárbara iniciam vacinação 43+

AMERICANA

Americana começa a vacinar moradores com 43 anos

A Secretaria de Saúde de Americana inicia nesta quarta-feira (23) a vacinação contra a Covid-19 em indivíduos com idade entre 43 e 49 anos. O município irá receber nesta terça-feira (22) um novo lote contendo 3.920 doses da vacina Coronavac, destinado a esse novo grupo populacional.

A vacinação é por meio de agendamento pelo www.saudeamericana.com.br, que será aberto a partir das 14h, sendo as doses aplicadas nos pólos de vacinação da Unisal (campus Maria Auxiliadora), FAM e Unimed.

Outros grupos

A primeira dose também continua sendo oferecida aos profissionais de saúde, incluindo educador físico e veterinário; profissionais da Educação com 18 anos ou mais; gestantes e puérperas com 18 anos ou mais; portadores de comorbidades com 18 anos ou mais; pessoas com deficiência permanente com 18 anos ou mais; pessoas com Síndrome de Down com 18 anos ou mais e transplantados em uso de imunossupressor com 18 anos ou mais.

Já a segunda dose será ofertada aos profissionais de saúde, profissionais da Educação com 45 anos ou mais, idosos com 64 anos, idosos com 68 anos ou mais, gestantes e puérperas e idosos com 75 anos ou mais.

A Secretaria de Saúde esclarece que é comum haver muita procura nos primeiros dias quando se iniciar uma nova faixa etária, o que pode esgotar a agenda rapidamente, porém, elas continuarão abertas diariamente.

 

SANTA BÁRBARA D’OESTE

Vacinação contra a Covid-19 para pessoas entre 43 e 49 anos sem comorbidades começa nesta quarta em Santa Bárbara

Seguindo o calendário de vacinação do Governo do Estado de São Paulo, a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste iniciará nesta quarta-feira (23) a imunização contra Covid-19 para pessoas entre 43 e 49 anos (sem comorbidades). Sem a necessidade de agendamento, esse público deverá apresentar o CPF e comprovante de endereço em seu nome.

Para agilizar o processo de identificação e vacinação, é recomendado o pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br), do Governo do Estado de São Paulo, a todos os públicos que vêm sendo inseridos no calendário de imunização.

Mesmo para quem havia se cadastrado no site Vacina Covid-19, da Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, é recomendado realizar o cadastro no Vacina Já, do Governo Estadual. Vale ressaltar que o cadastro não é um agendamento para a vacinação.

Em Santa Bárbara d’Oeste a vacinação ocorre de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas, nos ginásios municipais “Djaniro Pedroso” (Rua Prudente de Moraes, 250, Centro), e “Mirzinho Daniel” (Rua Bororós, s/nº, Jardim São Francisco), e na Casa de Maria (Rua Mococa, 510, Jardim das Laranjeiras).

O Plano de Vacinação no Município é desenvolvido com cronograma de prioridades, seguindo diretrizes do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde e mediante envio e disponibilidade de doses.

Orientações sobre documentação para públicos inseridos na vacinação contra Covid-19:

43 anos ou mais (sem comorbidades)

– CPF
– Comprovante de endereço no nome da pessoa

Profissionais da Educação (18 anos ou mais)

– Cadastro deve ser realizado no site VacinaJá Educação: www.vacinaja.sp.gov.br/educacao
– QR Code
– RG
– CPF

Cadastro – O Governo do Estado de São Paulo abriu o cadastro para vacinação de profissionais da Educação de Santa Bárbara d’Oeste com 18 anos ou mais no site: www.vacinaja.sp.gov.br/educacao. A nova fase abrangerá todos que ainda não foram vacinados e os que atuam nas unidades escolares ou em órgãos administrativos, como Secretarias da Educação e Diretorias de Ensino.

Grávidas e puérperas sem comorbidades (18 anos ou mais)
(puérperas: mulheres que deram à luz num período de até 45 dias)

– CPF
– Comprovante de endereço
– Cartão do pré-natal

Grávidas e puérperas com comorbidades (18 anos ou mais)
(puérperas: mulheres que deram à luz num período de até 45 dias)

– CPF
– Comprovante de endereço
– Cartão do pré-natal
– Cópias de carta ou atestado médico, além de exames e receitas, caso necessário.

Pessoas com comorbidades (18 anos ou mais)
Lista de comorbidades definidas para prioridade na vacinação abaixo

– CPF
– Comprovante de endereço no nome da pessoa
– Cópias de carta ou atestado médico, além de exames e receitas, caso necessário.

As cópias ficarão retidas nos pontos de vacinação.

Hipertensos (uso de um medicamento anti-hipertensivo ou mais)

– CPF
– Comprovante de endereço no nome da pessoa
– Cópias de atestado médico ou receitas que comprovem o uso de um medicamento anti-hipertensivo ou mais.

As cópias ficarão retidas nos pontos de vacinação.

Pessoas com Deficiência Permanente – BPC (18 anos ou mais)

– CPF
– Comprovante de endereço no nome da pessoa
– Comprovante do recebimento do Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social

Pessoas com Deficiência Permanente (18 anos ou mais)

– CPF
– Comprovante de endereço no nome da pessoa
– Apresentação de laudo médico que indique a deficiência, ou comprovação de atendimento em Centro de Reabilitação ou unidade especializada, ou documento oficial com indicação da deficiência, ou cartões de gratuidade do transporte público e ou ainda autodeclaração (na ausência de outro tipo de documento).

Idosos (60 anos ou mais)

– CPF
– Comprovante de endereço no nome da pessoa

Pessoas com Síndrome de Down

Para pessoas com Síndrome de Down que ainda não se vacinaram, devem procurar pelos pontos de vacinação para o recebimento da 1ª dose. Vale ressaltar que os alunos da APAE já foram vacinados na própria instituição pela Secretaria de Saúde.

Profissionais da Saúde

Segue convocação de profissionais de Saúde pela Secretaria de Saúde. A imunização é voltada para trabalhadores que atuam no Município. Para mais informações, o profissional pode entrar em contato, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, pelo telefone 3455.1654.

Lista de comorbidades

As comorbidades definidas para prioridade na vacinação são: doenças cardiovasculares, incluindo insuficiência cardíaca, hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, síndrome coronariana, valvopatia, miocardiopatia e pericardiopatia, doença da aorta, doença dos grandes vasos e fístulas asteriovenosas, arritmia cardíaca, cardiopatias congênitas, próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados; diabetes, pneumopatias crônicas graves, hipertensão arterial resistente, hipertensão arterial estágio 3, hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo, doença cerebrovascular, doença renal crônica, imunossuprimidos, anemia falciforme, obesidade mórbida, cirrose hepática e HIV.

Em caso de dúvidas sobre a vacinação contra a Covid-19 no Município, a pessoa pode entrar em contato, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, pelo telefone 3455.1654.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE