Americana descarta caso suspeito de coronavírus

A Secretaria de Saúde de Americana informa que o caso de uma mulher de 46 anos, que vinha sendo monitorado por se tratar de um possível suspeito de coronavírus foi descartado pela vigilância epidemiológica, na manhã desta sexta-feira (28).
Na quinta-feira (27) a mulher deu entrada no pronto-socorro do Hospital Municipal (HM) “Dr. Waldemar Tebaldi”, apresentando cefaléia, dificuldade respiratória e calafrios. Ela informou a equipe médica de que havia tido contato com um homem de Campinas, que teria vindo da Itália recentemente.
No HM, a paciente havia informado que começou apresentar os sintomas no dia 25 de fevereiro, e de que no dia 24 teria mantido contato com o homem vindo da Itália, o qual chegou ao Brasil no dia 16 de fevereiro.
A vigilância então passou a investigar o caso, para saber se de fato esta pessoa seria suspeita de coronavírus, porém, ao checar detalhadamente as informações, a equipe do órgão municipal concluiu que se trata de um morador da Itália (Roma), mas que não apresentava qualquer sintoma.Com base no cruzamento das informações, tanto clínicas quanto epidemiológicas, a vigilância concluiu que o caso não apresenta nenhuma relação com a doença.
Ainda de acordo com a vigilância, o caso foi encerrado como quadro gripal e de sinusite.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE