Americana confirma quinta morte por febre hemorrágica

A Secretaria de Saúde de Americana, por meio da Vigilância Epidemiológica, confirmou nesta quinta-feira (9) a notificação da quinta morte por febre hemorrágica neste ano, que será investigada para diversas doenças infecciosas. Trata-se de um homem (V.L.R), 57 anos, morador do bairro Frezzarin. Ele deu entrada na quarta-feira (8) no Hospital Unimed e faleceu na madrugada de hoje (9) em consequência de febre hemorrágica. A morte está sendo investigada com suspeita para dengue, febre maculosa e leptospirose.
O município ainda aguarda o resultado da investigação de outras quatro mortes: um homem de 69 anos (M.B.), morador do bairro São Domingos, que teve material coletado para dengue, febre maculosa, febre amarela e leptospirose (morte no dia 10/04); um homem de 43 anos (R.J.G.), morador do bairro Cariobinha, com suspeita de dengue, febre maculosa, febre amarela e leptospirose (morte no dia 14/04); uma mulher de 48 anos (V.L.S.), moradora do bairro São Roque, cuja morte é suspeita de dengue e H1 N1 (morte em 25/04); um homem de 79 anos (G.A.O), morador do bairro Santa Maria, morreu com suspeita de dengue no dia 1º de maio.
A Vigilância vem acompanhando os casos que aguardam resultado de exame laboratorial, feito no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. Já em relação às ações de campo, o PMCD (Programa Municipal de Controle da Dengue) vem realizando diversas atividades, inclusive atuando aos sábados. Na última atualização da dengue, feita no dia 8 de maio, o município contabilizava 2.617 casos suspeitos da doença, sendo confirmados 1.357 casos.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE