AMB pede retratação do ministro da saúde

Representando mais de 400 mil médicos do país, a Associação Médica Brasileira (AMB) entrou em contato com a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde para confirmar veracidade das declarações atribuídas ao ministro da Saúde, Ricardo Barros, hoje nos principais veículos de comunicação do País. Rogamos que a autenticidade seja negada, caso contrário, o ministro mostra absoluta falta de conhecimento sobre o real funcionamento e entraves do sistema de saúde no Brasil.

Colocar culpa deste sistema colapsado, subfinanciado e mal gerenciado, nas costas dos médicos é caminho mais fácil e desprovido da verdade para escamotear o caos na saúde pública brasileira. Além disso, aproxima ainda mais a atual gestão do ministério da Saúde do governo anterior, que usava do mesmo artifício, querendo justificar sua incompetência, arrogância e prepotência, maculando a imagem dos profissionais de saúde.
Diante disso, urge que o ministro da Saúde se retrate com os médicos brasileiros, a quem nesta data, em sendo verdade descabidas manifestações, acabou tratando de forma desrespeitosa, sem observar toda carga de responsabilidade e empenho que estes profissionais dedicam dia a dia aos pacientes, mesmo diante do nosso cambaleante sistema de saúde. Melhorar o sistema é vontade de todos médicos e demais profissionais de saúde e por isso lutaremos sempre. Enxovalhar a reputação do médico brasileiro não é solução e comprova total inaptidão e incompetência do ministro da Saúde para conduzir os destinos da saúde que a população brasileira merece.
 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE