AM tem notas acima da média no Ideb

Americana ficou com notas acima da média do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º) para 2015. Das dez escolas do Ensino Fundamental, apenas uma não alcançou o índice previsto, que era 6,9 e ficou com 6,6. O Ideb foi divulgado pelo Ministério da Educação neste mês.
Conforme os resultados, o Ensino Fundamental anos iniciais (1º ao 5º ano) foi a etapa de destaque. A meta prevista era de 5,2 e o resultado alcançado foi de 5,5. Somente nessa etapa são 117,9 mil escolas e 15,5 milhões de alunos, considerando-se a rede pública e a rede privada. 82,5% dos alunos dessa etapa pertencem à rede pública municipal.
Segundo a Secretária de Educação de Americana, Juçara Novelli, os números do Ideb para a Rede Municipal mostram que, apesar das dificuldades financeiras do município, há um esforço constante e diário dos gestores, professores, pedagogos e funcionários na busca pela melhoria na qualidade da educação básica. 
O Ideb foi criado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, órgão do Ministério da Educação (Ineb) em 2007, em uma escala de zero a dez. Sintetiza dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: aprovação e média de desempenho dos estudantes em língua portuguesa e matemática. O indicador é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e médias de desempenho nas avaliações do Inep, o Saeb (O Sistema de Avaliação da Educação Básica)  e a Prova Brasil.
O índice nos anos iniciais do Ensino Fundamental vem evoluindo progressivamente desde que o Ideb começou a ser calculado, em 2005, permitindo o monitoramento das escolas e das redes de ensino. O Ideb passou de 3,8, em 2005; para 5,5, em 2015, superando as metas estipuladas.(Em anexo os números das escolas da Rede Municipal de Americana).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE