AM realiza Semana do Aleitamento Materno

Com o slogan “Amamentação é a Base da Vida”, a 27ª Semana Mundial de Aleitamento Materno, comemorada de 1º a 7 de agosto, será tema de palestras do Programa Mamãe Nenê que terão início amanhã (1/8), às 9h, na UBS (Unidade Básica de Saúde) Cillos, e seguirão até o final do mês na unidade. O programa também comemora oficialmente pelo segundo ano o “Agosto Dourado”, campanha que visa conscientizar sobre a importância do aleitamento materno.

As palestras terão como foco reforçar a importância da amamentação para o bebê em relação à nutrição, imunidade, prevenção de doenças, promoção de vínculo entre o bebê e sua família, bem como os fatores de proteção à saúde da mamãe.

“A ideia é passar para a população, junto às gestantes e à sociedade, para que todo mundo passe apoiar, proteger e promover o aleitamento materno, saber que isso garante o desenvolvimento da criança”, informou a coordenadora do programa Mamãe Nenê, Sandra Possobon.

O programa Mamãe Nenê atua junto às famílias desde a alta da maternidade, com acompanhamento até os três anos de idade da criança. A equipe é formada por assistente social, dentista, enfermeiro, fonoaudiólogo, psicólogo e nutricionista. As atividades têm como objetivo promover a saúde e prevenir doença, auxiliar na amamentação e no desenvolvimento saudável da criança, além de proporcionar o acolhimento à mãe, ao bebê, ao acompanhante e à família.

De acordo com a WABA (World Alliance for Breastfeeding Action) a amamentação previne a fome e a desnutrição em todas as suas formas, garante a segurança alimentar para crianças, mesmo em tempos de crise, com baixo custo, sem nenhum prejuízo adicional à economia doméstica, contribuindo para se atingir as metas de desenvolvimento sustentável da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Amamentar vai além de nutrir o corpo do bebê. Estudos mostram a importância do aleitamento materno na promoção à saúde, nas questões de alimentação (nutrição), imunidade, prevenção de doenças (infectocontagiosas, diabetes, obesidade, leucemia, entre outras), promoção do vínculo, reduzindo a frequência de doenças.

A amamentação também protege a saúde materna, promovendo, após o parto, o retorno do útero ao seu tamanho normal de forma mais suave e rápida, favorecendo o emagrecimento, prevenindo o câncer de mama, de útero, diabetes tipo 2, depressão pós-parto, entre outras doenças.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE