AM quer transformar PAI do Zanaga em UBS

O município de Americana sofre atualmente de uma total desestruturação na área de saúde. Após a terceirização, principalmente na área de urgência e emergência, alguns equipamentos de saúde foram totalmente “esvaziados” e deixaram de ter condições sustentáveis de utilização. Os funcionários públicos foram transferidos e vários deles solicitaram demissão (principalmente médicos), inviabilizando atualmente a reabertura rápida de algumas destas unidades, que acreditamos ser de importância para a população. O sucateamento da rede básica também é visivelmente notado, com vários postos de saúde em condições precárias, principalmente do ponto de vista predial.

A atual administração herdou tal situação, e com apenas 45 dias de gestão, não alcançou ainda condições plenas para solucionar todos os problemas encontrados. A legislação nos impede de realizar uma contratação rápida como desejaríamos, além disto existe a conhecida dificuldade da região metropolitana de Campinas, na adesão de médicos, para compor quadro de plantonistas principalmente na área de urgência e emergência.
O Pronto Atendimento do Zanaga é atualmente a estrutura predial de saúde daquela região, que se encontra em condições prediais satisfatórias de utilização, porém com a falta destes profissionais médicos não conseguiríamos reabri-lo nas condições obrigatórias pela legislação, em curto espaço de tempo. Sabemos que unidade de tal complexidade necessita de médicos durante 24 horas/dia e sete dias por semana, profissionais de enfermagem para compor todos os postos de trabalho existentes, também 24 horas/dia e sete dias por semana, técnicos de radiologia e demais profissionais durante o mesmo período.
Considerando que a Atenção Básica é a modalidade de serviço de saúde com o mais elevado grau de descentralização e capilaridade, com vínculo, cuja participação no cuidado se faz sempre necessária, e que agrega valores e benefícios, principalmente preconizando a humanização, optamos por uma nova maneira de utilizar a estrutura disponível, que acreditamos irá melhorar o atendimento a essa região carente de recursos. O Prefeito de Americana e a Secretaria de Saúde de Americana planejam transferir a Unidade Básica de Saúde do Zanaga (UBS 10), cujo prédio se encontra em condições precárias de utilização, para o prédio do Pronto Atendimento, ampliando o horário de abertura para até as 21 horas, agregando alguns profissionais já existentes no quadro funcional (inclusive médicos), facilitando assim a adesão dos bairros ainda não contemplados.
A proposta seria de agregar agenda de livre demanda junto às agendas comuns da unidade, que contemplaria também os atendimentos de urgência de baixa complexidade (ex.: Amigdalite aguda, infecções de ouvido, pequenas suturas superficiais, etc.).  Este atendimento ampliado facilitará a vida de quem trabalha e só consegue acessar a unidade de saúde no período noturno, com a qualidade de atendimento que só a Atenção Básica pode oferecer. Solicitamos também ao Ministério da Saúde a reinclusão do município ao “Programa Mais Médicos”, para ampliar a Estratégia de Saúde da Família nas áreas mais carentes, tão necessária ao plano de trabalho e projetos desta gestão.  Prefeitura de Americana – Secretaria de Saúde 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE