AM: Próximo prefeito pode ter limite de comissionados

O prefeito que vencer as eleições em outubro desta ano e assumir a cadeira majoritária a partir de 1º de janeiro de 2017, poderá ter que trabalhar com um número limitado de cargos comissionados durante sua gestão. A proposta, elaborada pelo atual prefeito, Omar Najar (PMDB), estipula como número máximo, 215 indicados para trabalhar na prefeitura. 
Segundo Omar, a medida é para evitar os exageros na indicação de cargos. “O número que antigamente tinha aqui em Americana eram 782 cargos comissionados. Nós fizemos uma reestruturação em todas as nomenclaturas”, disse Najar.
Atualmente, a prefeitura possui aproximadamente 115 comissionados, sendo 60 deles funcionários de carreira. 
Se o próximo prefeito decidir que o número estipulado por Omar é baixo, terá que elaborar um outro projeto de lei que também deverá passar pelo aval da Câmara. O projeto 33/2016, de autoria do poder executivo, foi protocolado na Câmara de Vereadores e deve ser discutido e votado pelos parlamentares. 

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE