AM implanta ambulatório pioneiro entre as prefeituras da região

???O único município da Região Metropolitana de Campinas (RMC) a oferecer esse tipo de atendimento pelo SUS???, enfatizou a secretária de Saúde de Americana, Mirella Povinelli, ao anunciar, na manhã de hoje (05), o início das atividades do Ambulatório da Dor, que funciona em um prédio anexo ao Hospital Municipal. 
O novo espaço atenderá pacientes acometidos por dores oncológicas, herpes zoster, neuralgia pós-herpética, neuralgia do trigêmio, amputados (dor fantasma), fibromialgia e síndrome dolorosa regional complexa (distrofias simpático-reflexas). Oferecerá, ainda, conforto e amparo da dor a pacientes terminais que necessitem de prescrição de morfina ou sedação. O acolhimento no ambulatório se dará por meio de encaminhamento médico dos profissionais das unidades básicas de saúde, Núcleo de Especialidades, dos dois pronto-atendimentos e pronto-socorro do Hospital Municipal.
Raimunda Neide Marques Gilberto, médica responsável pelo ambulatório, explica que o paciente terá acompanhamento de outras especialidades, como ortopedia, fisioterapia, psicologia, dependendo das especificidades de cada caso. 
Hoje (5), primeiro dia de atendimento, sete pacientes passaram pelo local, a exemplo de Cristiane Aparecida Silva, de 39 anos, que há um ano e dois meses sofreu um acidente e teve fratura exposta na tíbia, fíbula e calcanhar e tem dores fortes até hoje. 
Segundo Mirella Povinelli, a intenção é ampliar o atendimento e, no futuro, transferir o Ambulatório da Dor para o espaço onde antes funcionava o Hospital Infantil André Luiz, cujo prédio deverá ser reformado e transformado em um Complexo de Especialidades.
 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE