AM busca integração entre políticas de proteção social

Cerca de 60 conselheiros de políticas públicas e de direitos que atuam no município de Americana participaram nesta sexta-feira (10), no Plenário da Câmara Municipal, do curso ???Gestão Democrática e Integralidade da Proteção Social: Articulação entre políticas e conselhos???, ministrado por Eleonora Schettini Martins Cunha.

O curso faz parte do projeto ???Capacitar e Construir: Fortalecendo o Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente e os Serviços de Alta Complexidade???, aprovado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e a Fundação Itaú Social, e executado pela Casa de Orientação e Assistência Social Seareiros de Jesus (COASSEJE).

O coordenador do projeto, Felix Fernando Siriani, ressaltou a importância do curso para a reflexão sobre os espaços deliberativos dos sistemas de políticas sociais e a integração entre políticas de proteção social. ???Estas ações são importantes para fortalecer o sistema de garantia de direitos das crianças e dos adolescentes no município, para pensar nas políticas públicas mais abrangentes, que possam envolver toda a sociedade???, explicou.

O projeto teve início em maio e será realizado em 12 meses, com investimento de R$ 500 mil, provenientes do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA) e Fundação Itaú, segundo o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA), Antonio Dias da Fonseca. ???O projeto visa instruir os Conselhos Municipais para discutir a função dos conselheiros, com a participação da sociedade. Além das capacitações, as ações contam com a supervisão de entidades de acolhimento, como a COASSEJE e AAMA e do Conselho Tutelar. O objetivo é otimizar ao máximo esse recurso, capacitando toda a rede de atendimento???, afirmou Fonseca.

Para organizar mais uma ação no município, na terça-feira (14/08), às 14 horas, será realizada uma reunião no auditório Villa Americana, no Paço Municipal, com representantes dos secretários municipais. A ideia é promover um curso de capacitação para abordar a violência contra a criança e o adolescente.

 

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE