Alunos trocam sala de aula por visita a asilo

Os 25 idosos atendidos pela Casa de Apoio Caluz, em Sumaré, tiveram uma manhã especial nesta sexta-feira, 31, quando receberam a visita dos estudantes do terceiro ano do Ensino Médio da Escola Integrada Educativa. Os alunos levaram produtos de higiene e itens de limpeza arrecadados entre as turmas do Ensino Infantil. Também levaram presentes doados pelos professores e, principalmente, muito carinho e atenção. “Todos aqui são extremamente carentes. Alguns nunca recebem visitas. Ações como esta fazem muito bem a eles”, comentou Lucia Franco, fundadora da entidade.

Paulo Bento de Oliveira, 69 anos, é o idoso mais antigo na instituição. Sem família, foi criado em um orfanato e depois passou a viver nas ruas. Há dez anos, Paulo mora no Caluz. Nunca recebeu uma visita durante todos estes anos. Mas ontem a rotina foi diferente e ele aproveitou bastante o carinho dos alunos voluntários.
Durante toda a manhã, os estudantes realizaram atividades juntos com os idosos. As alunas assumiram o papel de manicure e fizeram as unhas das senhoras. O cabeleireiro Alex Oliveira participou da iniciativa e cortou, voluntariamente, o cabelo dos idosos. Além de mudar o visual e fazer as unhas, Maria Isabel Serrano, 94 anos, aproveitou para conversar muito com os adolescentes. “Eu gosto de conversar, gosto da alegria dos jovens. Eles deveriam vir aqui todos os dias”, disse Isabel empolgada.
A visita à entidade faz parte do projeto Educativa Solidária. Através de ações realizadas durante todo o ano, a iniciativa estimula a prática da solidariedade entre os estudantes. Vitoria Vizcaino e Julia Oliveira estão entre as alunas que participam do projeto desde o ano passado. “Em cada visita nós aprendemos algo diferente. Aqui, por exemplo, me surpreendi com a alegria da dona Isabel”, contou Vitoria.
A professora Ednalva Correia, coordenadora do Educativa Solidária, afirma que os alunos estão cada vez mais engajados com o projeto. “Acreditamos nestes alunos como adultos. São jovens cidadãos cada vez mais comprometidos em ajudar o próximo”, comenta.  

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE