Lei Aldir Blanc alcança 66,7 mil em Santa Bárbara

A lei Aldir Blanc em Santa Bárbara d’Oeste alcançou 66.756 pessoas com ações culturais. Ao todo foram executados 84 projetos de artistas locais, sendo concluídos 20 projetos e 30 ocorrendo no momento. Os projetos seguem 47,5% sendo feitos somente on-line, 15% presencial e 37,5%, sendo de forma presencial e on-line.

Além da parte cultural, a lei na cidade registrou na área econômica 567 oportunidades de contratações diretas para profissionais da cultura e mais de 300 contratações indiretas de prestadores de serviços ou produtos, cumprindo também missão de chegar em todas as pontas dos trabalhadores culturais barbarenses, que tiveram suas ações e seus recursos interrompidos pela pandemia.

“A lei Aldir Blanc serviu como um respiro para os trabalhadores da arte e conseguiu alcançar ótimos resultados até o momento, possibilitando que a população tivesse acesso à cultura e os recursos fossem distribuídos para um expressivo número de profissionais da área. A pedido do prefeito Rafael Piovezan, a Secretaria continua monitorando de perto as realizações e auxiliando proponentes nas diferentes etapas do processo”, comentou o secretário de Cultura e Turismo, Evandro Felix.

Em parceria com a Lei Aldir Blanc, a Prefeitura contemplou 52 propostas e oito espaços, em repasses de aproximadamente R$ 1,2 milhão. As ações da Lei são realizadas por meio do Governo Federal, Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura, em parceria com a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste.

Para atender à Lei, a Prefeitura lançou em julho de 2020 o Mapa da Cultura Barbarense, cadastro responsável por coletar dados da área cultural da cidade, quantificar e apresentar direcionamento às políticas públicas para o Setor Cultural do Município.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE