Agentes da dengue continuam orientando em Americana

O trabalho de orientação dos agentes do PMCD (Programa Municipal de Controle da Dengue) continua de forma ininterrupta em Americana. Apesar da pandemia da Covid-19, os moradores continuam recebendo as visitas com toda cautela necessária na abordagem e vistoria com as devidas precauções de distanciamento e utilização do EPI (Equipamento de Proteção Individual) indicado.
No balanço mais recente da Vigilância Epidemiológica de Americana, do dia 5 de maio, o município contabiliza 264 casos confirmados de dengue em 2020. De acordo com o coordenador da Vigilância em Saúde Ambiental, Antonio Jorge da Silva Gomes, a equipe do PMCD e a empresa Simeprag, contratada para auxiliar nos trabalhos de controle do transmissor da dengue, chikungunya e zikavírus, continuam alertando a população principalmente sobre a necessidade da prevenção diária, eliminando criadouros do mosquito Aedes Aegypti.
“O morador deve sempre solicitar do agente sua identificação e, em caso de dúvida ou desconfiança, deverá pedir o número de telefone do departamento que ele trabalha. O munícipe pode ligar para confirmação se tem equipe na região ou endereço em questão, além de confirmar se aquela pessoa identificada pertence à equipe do PMCD”, explicou Jorge. “Não deixe qualquer pessoa entrar em sua residência antes de exigir a identificação”, completou.
O coordenador ressaltou ainda que, em todas as abordagens, os agentes entregam material impresso sobre o coronavírus e a dengue, com logotipo da Prefeitura de Americana, indicando ser um folheto oficial. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE