Adolescente invade colégio, solta bombas e fere funcionária

Um adolescente armado com arma de pressão tipo AirSoft invadiu o colégio Dom Bosco em Americana na tarde desta segunda-feira. O ataque criou uma enorme confusão, com susto, correria e dois feridos. O menor de 13 anos, aluno da escola, teria ido para o local com o intuito de cometer um atentado contra a diretora. Além da arma, ele levou bombas caseiras.

A polícia cercou o local e alunos chegaram a gravar vídeos e áudios dos momentos de maior tensão. Ao perceber a presença da polícia, ele virou a arma para a própria cabeça e disparou várias vezes, mas sem se ferir com gravidade. Após a saída de todos, o Gate foi acionado para avaliar as bombas.

Uma ambulância levou o adolescente para o Hospital, onde recebeu atendimento. As crianças deixaram a escola pelos portões dos fundos. No momento da invasão, estavam no mesmo prédio do garoto 15 funcionários e 6 alunos. A funcionária atingida teve lesões na região das costas, mas ainda não foi confirmado se vieram de disparos ou estilhaços.

Foi usado até o helicóptero Águia da Polícia Militar no cerco à escola particular. Em um dos áudios, uma funcionária da escola registra gritos e falas de pessoas que fogem avisando que o homem armado invadiu a escola.

O garoto disse à polícia que aprendeu a fazer as bombas na internet e que a arma seria de seu pai. O garoto não mirou os colegas.

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE