Adiamento do Enem não atinge SP

O adiamento da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para 191 mil estudantes não vai atingir ninguém no Estado de São Paulo. O movimento dos estudantes que ocupam escolas pelo país há cerca de um mês levou ao adiamento da prova para pelo menos 191.494 candidatos que fariam a prova neste fim de semana, mas tiveram o teste adiado para os dias 3 e 4 de dezembro. 
O custo adicional por conta do adiamento pode chegar a R$ 12 milhões. A avaliação seria aplicada integralmente no sábado e no domingo, alcançando 8.627.248 alunos, em 16.476 escolas. Mas ficarão para depois os estudantes que tinham provas marcadas em locais ocupados.
De acordo com balanço do Inep, 304 escolas que sediariam os exames continuavam ocupadas, em 126 municípios de 20 unidades da Federação, inclusive a capital federal. No Distrito Federal, cinco escolas estão ocupadas e 3.178 estudantes serão afetados. O cronograma de resultado das provas, no entanto, não será alterado.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE