Acusado de matar jovens pega 60 anos de prisão

O lavador de carros Walter Júlio de Araújo foi condenado a 60 anos de prisão pelo duplo latrocínio cometido contra os estudantes Gabriel Avanzi e Stela Silvestre Torquete, ambos de 18 anos. 
A sentença foi proferida nesta quinta-feira (5) pelo juiz Eugênio Augusto Clementi Júnior. Cabe recurso, mas Araújo não poderá apelar em liberdade por ser reincidente, segundo o magistrado.

O CASOO casal foi assassinado a golpes de faca, na madrugada do dia 1, no centro de Americana. No final das comemorações, por volta das 3h50, na praça do Trabalhador, a estagiária da prefeitura de Americana e estudante da FAM do curso de Farmácia Stela Torquete, 19, foi morta junto com o amigo Gabiel Avanzi, 19, a facadas.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE