Acordo de Paris e a saída do Brasil

Nesta sexta-feira (19), o último relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) será debatido no Museu do Amanhã, Rio de Janeiro (RJ), durante o Diálogo Talanoa sobre Mudanças Climáticas. Paulo Artaxo, membro brasileiro do IPCC, desdobrará os pontos mais sensíveis do relatório para o Brasil. Também participarão o Secretário de Mudança do Clima e Florestas do Ministério do Meio Ambiente, Thiago Mendes,  e Ana Carolina Szklo, diretora do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), realizador do evento. O debate será transmitido ao vivo pelo canal do CEBDS no YouTube.  

Divulgado no dia 8 de outubro, o relatório foi o mais alarmante do IPCC, organização criada em 1988 pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e Organização Meteorológica Mundial (OMM). Os estudos indicaram que os efeitos do aquecimento global causarão escassez de comida e incêndios em matas já em 2040.
???O IPCC alertou que para evitarmos desastres ambientais mais severos devemos limitar o aquecimento global em 1,5°C acima dos níveis pré-industriais, não em 2,0 °C como se calculava anteriormente. Para isso, é preciso haver um corte global de emissões de GEEs de 45% em 2030. Este é o momento de intensificar o combate às emissões e as medidas para atingirmos o desmatamento líquido zero. A saída do Brasil do Acordo de Paris seria um entrave para conseguirmos cumprir nossa NDC (contribuição nacionalmente determinada)???, alerta Marina Grossi, presidente do CEBDS.
O Diálogo Talanoa sobre Mudanças Climáticas tem realização do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) e co-organização do Museu do Amanhã e do Instituto de Desenvolvimento e Gestão (IDG). O patrocínio é do Bradesco, Grupo Banco Mundial, Itaú, Santander e Shell.
O que é Talanoa?
Segundo tradição de povos das ilhas Fiji, decisões para um bem maior devem ser tomadas por meio de um diálogo inclusivo, participativo e transparente. Este processo de comunicação recebe o nome de Talanoa e foi adotado pela Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (UNFCCC).
Os Diálogos Talanoa se baseiam em três perguntas relacionadas a ações climáticas: onde estamos? Aonde queremos chegar? Como chegar lá?
As contribuições desta edição brasileira serão apresentadas durante a COP24, em Katowice (Polônia), em dezembro de 2018
Saiba Mais
DIÁLOGO DE TALANOA SOBRE MUDAN??AS CLIMÁTICAS
Data: 19 de outubro de 2018
Horário: 13h às 18h
Local: Auditório do Museu do Amanhã – Praça Mauá, 1 – Centro, Rio de Janeiro – RJ 
Programação completa e inscrições http://cebds.org/
Patrocínio: Bradesco, Grupo Banco Mundial, Itaú, Santander e Shell.
Assista ao vivo pelo YouTube: https://www.youtube.com/user/CEBDSBR

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE