Acisb entra na onda do Fora Dilma

Acompanhando o movimento nacional, Santa Bárbara também integrará a onda de manifestações em repúdio à corrupção e ambiente político do país com a palavra de ordem “Barbarenses Unidos Por Um Pais Mais Sério, Mudança Imediata”.

Para demonstrar o descontentamento com os rumos da política e economia do país, a ACISB (Associação Comercial e Industrial de Santa Bárbara d´Oeste) se junta ao FIESP e o CIESP/Santa Bárbara na mobilização ao lado do movimento “Vem Pra Rua SBO” em manifesto, que acontece no próximo domingo dia 13. Na mesma data, protestos serão realizados em diversos municípios em todo o país.O objetivo é demonstrar de forma ordeira e responsável o descontentamento e a indignação acerca dos rumos do ambiente político nacional, a paralisia das atividades econômicas e o apoio total a Polícia Federal e ao TSE nas operações do Lava Jato e moralização da política.
Recentemente o IBGE divulgou dados do desempenho da economia em 2.015, mostrando queda de 3,8% do PIB, com o agravante de recuo ainda maior dos investimentos, demonstrando aquilo que os empresários, trabalhadores e consumidores já sabem há tempo, e que estão sentindo no dia a dia.
Segundo Nivaldo Silva, Diretor Titular CIESP e DEPAR FIESP, as principais críticas das entidades e da população encontram-se na corrupção e a falta de governabilidade. “O ato mais digno que a presidente faria à sociedade neste momento é a renúncia. Ela perdeu totalmente a capacidade de liderança, que a única bandeira dela no momento é a CPMF e o ajuste fiscal através do aumento de impostos, ao invés do corte de gastos”, disse Nivaldo.
Para o presidente da Acisb Roberto Bonamin, a corrupção precisa acabar e sair do nosso governo. “Gravíssimas acusações recaem sobre ela, o Governo e diversas lideranças, no maior escândalo de corrupção da nossa história. Num momento como esse é preciso de atitude, fora Dilma”, afirmou Roberto.
Para Milton Badan diretor do CIESP, DEPAR FIESP e Diretor ACISB, a alta taxa de desemprego e o repúdio à irresponsabilidade fiscal precisam acabar. “O Brasil necessita de uma mudança imediata. Apoiamos totalmente às investigações da Lava Jato da Policia Federal”, disse Badan.
O ato é aberto e a participação é livre. Segundo a programação, o movimento será acompanhado de um trio elétrico, a concentração acontece as 16 horas em frente a prefeitura e os participantes irão percorrer a Avenida Monte Castelo, caminhando até a Praça Central.

Legenda fotos: Nivaldo Silva (Diretor Titular CIESP e DEPAR FIESP), Roberto Bonamin (presid. ACISB), Milton Badan (CIESP, DEPAR FIESP e Diretor ACISB).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE