Acia sem propostas para a crise

A atual crise financeira por que passa o Brasil está completando um ano. Apesar das demissões, do fechamento de empresas e de estabelecimentos comerciais, não se vê (ao menos até agora) nenhum movimento da Associação Comercial para fazer frente a essa crise, que só deve se aprofundar em 2016. Quem acessa o site da Acia fica sabendo, entre outras futilidades, que “os convites para o happy hour de mulheres empreendedoras estão esgotados”. Informações pouco úteis para quem precisa de uma corda de salvação para não fechar as portas. Tradicionamente, no interior do estado as associações comerciais costumam ser mais atuantes que as representações regionais do Ciesp/Fiesp. Em Americana, não é o que ocorre. Quem está em busca de uma ajuda para tentar sair da crise não encontra ação efetiva, seja da Acia, do Ciesp, de ninguém. Enquanto isso, o presidente Dimas Zulian faz elogios a uma obra do governo do Estado – o terminal urbano que desfigurou o centro da cidade. Obra essa atrasada há dois anos e ainda sem prazo para ser entregue finalizada.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE