Edit

Acesso ao crédito. 80% dos consumidores relatam dificuldades

Uma pesquisa realizada pela empresa de inteligência analítica Boa Vista aponta que 80% dos consumidores brasileiros já tiveram problemas ao tentar solicitar crédito no mercado. As principais causas apontadas pelos entrevistados são ter restrição no nome (CPF com dívida vencida e não paga, registrada nos serviços de proteção ao crédito), fator mencionado por 51% dos respondentes, e possuir score de crédito baixo (31%). Em seguida, não ter como comprovar renda (12%), não ter carteira assinada (4%) e não ter conta em banco (2%). Conforme ilustra a imagem abaixo:

O levantamento da Boa Vista também constatou que 35% dos consumidores ainda não sabem o que é o Cadastro Positivo, considerado um dos principais meios para se melhorar o score e ampliar o acesso ao crédito do brasileiro. E, dentro desse grupo, 90% desconhecem os canais nos quais podem consultar o seu score de crédito e até mesmo se já têm informações de pagamento contidas no Cadastro Positivo.

“O Cadastro Positivo é um banco de dados que contém o histórico de pagamento de empresas e consumidores. Por exemplo, se eu tenho um cartão de crédito, mensalmente o Cadastro Positivo recebe a informação do valor pago da fatura. A lei que autoriza o envio dessa informação de forma automática aos gestores de bancos de dados, como é o caso da Boa Vista, está em vigor desde julho de 2019. Atualmente, o Cadastro Positivo é composto por informações de pagamento enviadas por instituições bancárias e empresas de telefonia, mas muito em breve deverá receber também as das empresas de saneamento e energia”, explica Lola de Oliveira, diretora de marketing e relacionamento ao cliente da Boa Vista.

Ainda segundo a pesquisa da Boa Vista, aqueles entrevistados que já tiveram crédito recusado, esperam que as informações contidas no Cadastro Positivo apoiem com o reconhecimento de contas pagas, mostrando que foi uma dívida pontual, e para os que não têm problemas em obter crédito, a expectativa é de conseguir contratar crédito e financiamentos a juros e prazos diferenciados em relação aos que estão com alguma restrição. “Incentivamos que o consumidor faça parte do Cadastro Positivo, consulte suas informações contidas no banco de dados e o utilize como instrumento para comprovar seu histórico de bom pagador ou regularizar a sua situação com o credor e, assim, ter mais acesso às linhas de crédito oferecidas no mercado”, completa Lola.

Metodologia
A pesquisa realizada pela Boa Vista foi feita por meio de questionário de autopreenchimento, com a participação de pouco mais de 500 respondentes, de todas as regiões do país e de diversas classes sociais. O índice de confiança é de 95% e a margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos.

Onde consultar
Na Boa Vista, a consulta sobre a situação do CPF, do score (nota de crédito) e das informações contidas no Cadastro Positivo, da qual é precursora no país, pode ser feita gratuitamente no site www.consumidorpositivo.com.br ou no aplicativo Boa Vista Consumidor Positivo, disponível tanto para Android quanto IOS. Para regularizar pendências, a Boa Vista disponibiliza a plataforma Acordo Certo, empresa adquirida pela Boa Vista em dezembro de 2020. Caso a dívida do consumidor seja com alguma das mais de 30 empresas parceiras da plataforma, o consumidor é orientado a acessar o site oficial da empresa, o www.acordocerto.com.br. O acesso é simples, seguro e gratuito.

SOBRE A BOA VISTA

A Boa Vista, empresa brasileira de inteligência analítica, foi criada em 2010 a partir do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), o primeiro banco de dados do país, consolidando-se como referência no apoio à tomada de decisão em todas as fases do ciclo de negócio.

É precursora do Cadastro Positivo e no propósito de incluir consumidores no mercado de crédito, apoiando-os na construção de um relacionamento sustentável com as empresas credoras, por meio da disponibilização de informações de educação financeira e serviços gratuitos em seus canais oficiais como o site www.consumidorpositivo.com.br e o app Boa Vista Consumidor Positivo.

A empresa tem por princípio a segurança e a privacidade dos dados e suas soluções estão 100% em conformidade com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), tendo sido reconhecida como a primeira do segmento financeiro e de gestão de bancos de dados a obter a certificação ISO 27701, norma internacional referente à segurança e privacidade da informação.

Em 2020, a Boa Vista tornou-se a primeira empresa de capital aberto em seu segmento, dando início à uma estratégia de crescimento por meio de aquisições de empresas com as mesmas características na aplicação de inteligência analítica às suas soluções, como a Acordo Certo – especialista em recuperação de crédito – e a Konduto, autoridade em antifraude para e-commerce e pagamentos digitais. Em 2021, também de forma pioneira, lançou o CEA (Centro de Excelência em Analytics), levando a empresa para a fronteira do conhecimento no desenvolvimento de algoritmos de alta performance.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE