Acesso a viaduto do São Jorge fechado

A obra de troca de três quilômetros de adutoras de água tratada na cidade, que está em fase final de execução, necessitará interditar o acesso ao viaduto de entrada do Jardim São Jorge entre sábado e terça-feira, dias 12 a 15 de novembro. Durante o período, o acesso ao bairro deverá ser feito pelo viaduto da Vila Azenha. A nova rede fornecerá água com material de melhor qualidade, mais durável e de menor manutenção, ajudando também a reduzir as perdas de água tratada no Município.

A Diretoria de Segurança de Trânsito está providenciando a sinalização no local, tanto antes como durante a intervenção. A orientação é para os motoristas busquem rotas alternativas para quem vai acessar Nova Odessa vindo do Jardim Picerno (Sumaré), a opção principal é a do viaduto na rotatória entre as ruas Goiânia e Porto Alegre, além da Vila Azenha através da Rua Ilda Bagne da Silva; e quem vai entrar no São Jorge, utilizar o viaduto da Vila Azenha e a mesma rua.
Placas informativas serão colocadas no trecho a ser interditado, para minimizar os transtornos. 
Obra – A substituição das adutoras que passam pelos bairros Jardim Bela Vista, Santa Rosa e São Jorge é realizada pela Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa) através do Consórcio Cadre Engenharia, vencedor do processo licitatório, com investimento de R$ 1,853 milhão. As adutoras trocadas fornecerão água tratada diretamente ao São Jorge e à região do bairro Santa Luiza.
A rede atual, implantada décadas atrás, é feita de cimento e está sendo substituída por material PEAD (Polietileno de Alta Densidade), o melhor e mais eficaz existente no mercado. O PEAD evita rompimentos na rede e, com isso, ocorre gradualmente a diminuição nas perdas de água tratada no sistema, que atualmente são de 28% em Nova Odessa.
As novas adutoras estão sendo colocadas paralelamente às atuais e tendo um novo trajeto, que não vai mais margear o Ribeirão Quilombo, mas sim percorrer somente ruas. Como a adutora atual passa debaixo de vários terrenos particulares, eram necessárias autorizações em casos de reparos. A partir da troca, a Coden terá acesso irrestrito e mais rápido à nova rede implantada.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE