Academia ajudou a sair da depressão, diz Musa do Flu

“Engravidei nova, aos 20 anos, ainda descobrindo o mundo pois minha mãe sempre me prendeu muito e comecei a sair para a noite só depois de adulta. Em seguida, engravidei de um namorado de anos. Tive uma gravidez complicada porque minha mãe ainda me via como criança e não aceitava.
Eu também não aceitava porque queria curtir mais a vida, mas prossegui assim mesmo. Após minha filha nascer, resolvi mudar absolutamente tudo em mim. Isso porque a vida inteira era gordinha, feia e na escola morria de inveja das ‘gostosonas’. 

Sempre sonhei em um dia ser bonita como as mulheres que via na televisão.  Comecei a malhar e a me cuidar para fugir da depressão, era uma forma de esquecer os problemas e também de sair de casa um pouco para não ter que cuidar da Isabela. 
Não aceitava a maternidade, então sair todos os dias para malhar era um momento de alívio para mim”, conta a nova sensação das redes sociais.

Depois de meses, Karen percebeu a mudança significativa em seu corpo e decidiu manter a rotina fitness. Hoje, ela não se arrepende de nada e ressalta que está feliz sozinha. “Sou solteira, sou mãe solteira e bem resolvida com isso porque prefiro estar sozinha do que mal acompanhada. Não busco namorado no momento porque minha filha hoje me preenche em tudo”, finaliza a loira de 25 anos.
Créditos – Foto: Divulgação / PressWoman

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE