Abertura de novas empresas cresce 17,9% em março

Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian revelou a abertura de 351.714 novos negócios em março deste ano. Um crescimento de 17,9% na comparação com o mesmo período de 2020. De acordo com o índice o setor do Comércio foi o que mais cresceu (28,4%), impulsionando a alta geral. A Indústria e o segmento de Serviços também marcaram altas. Confira nos gráficos abaixo as informações ano a ano completas.

Para o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, embora a confiança financeira dos empresários não tenha sido restaurada ao nível pré-pandemia e a alta geral tenha desacelerado em março, a criação do próprio negócio ainda oferta melhores oportunidades em meio ao cenário de saúde no país. “As pessoas seguem optando por investir na abertura de empresas para geração de renda, já que o desemprego continua em alta”.

O comparativo por natureza jurídica revelou que, embora representem apenas 12,8% das empresas criadas, as Sociedades Limitadas tiveram o maior crescimento do mês, marcando 67,3%. “O aumento desse tipo de empresa pode indicar que os empreendedores estão preferindo trabalhar em sociedade para garantir, principalmente, apoio financeiro em meio à crise econômica, já que o investimento inicial costuma ser decisivo para garantir a saúde e o sucesso do novo negócio”, explica Rabi. Os microempreendedores individuais (MEIs), que significam a maior fatia da abertura de negócios (80,2%), tiveram crescimento de 19,3%, enquanto as empresas individuais caíram. Veja no gráfico dados na íntegra.

A análise interanual por região apontou expansões em todo o país, com destaque para o Sul, que marcou a alta mais expressiva, de 26,6%. O Nordeste vem em sequência com 21,0%, seguido pelo Norte (20,6%), Centro-Oeste (17,8%) e Sudeste (13,9%).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE