Edit

Abdulrazak Gurnah, da Tanzânia, leva nobel de Literatura

O romancista Abdulrazak Gurnah, da Tanzânia, recebeu o Prêmio Nobel de Literatura de 2021 nesta quinta-feira (07/10). Ao anunciar o prêmio, a Academia Sueca elogiou Gurnah por retratar os “efeitos do colonialismo” de forma “intransigente e compassiva”. O prêmio tem hoje o valor de 10 milhões de coroas suecas (R$ 6,2 milhões). O autor ainda não tem nenhuma obra publicada no Brasil, mas deve haver uma corrida pelas editoras para comprar os direitos para a publicação.

Autor de 10 romances, Gurnah tem hoje 73 anos. Seus livros mais famosos são Paradise (Paraíso, sem edição em português) e Desertion (Deserção, também sem edição em português).Publicado em 1994, Paradise conta a história de um menino que cresceu na Tanzânia no início do século 20. O livro ganhou o Booker Prize, marcando a revelação de Gurnah como escritor.

Após BBC Brasil

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE