A união por Salto Grande

Os esforços da sociedade para a recuperação da Represa de Salto Grande, devolvendo ao reservatório a condição de balneário em Americana, ganharam mais um capítulo com o trabalho sempre ativo de Ricardo Paixão, fundador do movimento Vamos Salvar a Represa.
Em minha trajetória, tive a oportunidade de conhecer o ativista ambiental, também ferrenho defensor da despoluição da represa. Paixão reforça o trabalho iniciado em março, quando estive em audiência com Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, em Brasília, acompanhado do secretário de meio ambiente de Americana, Odair Dias, sob a orientação do prefeito Omar Najar.
Levei ao ministro a necessidade de revitalização do reservatório, que por décadas foi um espaço de lazer para as famílias de Americana e região.
Paixão tem outra boa ideia, defendida por ele desde 2012 e apresentada ao ministro no início do mês: a construção de uma UTR (Unidade de Tratamento de Rio) capaz de recuperar a qualidade da água do reservatório.
A tecnologia promete remover 98% do fósforo presente na água. Aliado ao hidrogênio, o elemento é responsável pelo fornecimento de nutrientes às macrófitas que ainda ocupam 175 hectares do espelho d’água. Menos nutrientes = menos macrófitas = água mais limpa!
Conheci duas UTRs em operação: a unidade Arroio Fundo, no Rio de Janeiro, colocada em atividade durante os Jogos Pan-Americanos de 2007, e na Pampulha, em Belo Horizonte. Os resultados são visíveis.
O investimento é uma boa alternativa. Ampliar o tratamento de efluentes seria melhor ainda. Temos todos um só objetivo: salvar a Represa de Salto Grande. E conseguiremos.

Chico Sardelli é empresário, presidente do PV em Americana e vice-presidente estadual do partido

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE