A Robótica e o Futuro do Emprego

Há poucos anos era comum vermos como pré-requisito o domínio de um segundo idioma, preferencialmente o inglês, para que o candidato à uma vaga de trabalho destacar-se dentre os demais.  O tempo passou e outras habilidades foram sendo mais exigidas. E agora, com o advento da chamada Indústria 4.0 exige-se do candidato que também reúna características empreendedoras, tais como programação, design thinking, mídias sociais e inclusive domínio da robótica.Durante o Século XX Henri Ford revolucionou os meios de produção introduzindo o conceito de linha de montagem e mão-de-obra especializada.  Dentro deste conceito que ficou conhecido como Fordismo, o trabalhador tinha de ser especialista em sua área de trabalho para, deste modo, render o máximo com o menor tempo possível.Agora, no Século XXI, a indústria novamente reinventa-se e atualiza sua inteligência de negócio.O tempo passou e novos conceitos industriais foram sendo introduzidos nas linhas de montagem, como a produção eficiente sob demanda que ficou conhecida como ???Just-In-Time??? ou ainda ???Toyotismo??? (referência à indústria automotiva Toyota, a desenvolvedora deste conceito).  Isso garantia que a empresa tivesse gestão de logística de suprimentos (supply chain) em perfeito sincronismo com a produção baseada em pedidos, eliminando a necessidade de estoque físico local, o que minimizou investimentos por parte da indústria e aumentou seus lucros.Mas não parou por lá, gestão da qualidade, otimização das células de produção, melhoria contínua e outros conceitos foram incrementados nas linhas.  Agora, no Século XXI, a indústria novamente reinventa-se e atualiza sua inteligência de negócio.  ????? parte da realidade profissional há anos a busca por aprimoramento para que fique à frente da concorrência no mercado.  Antigamente ir até o exterior para buscar treinamento em nova área poderia ser necessário para chamar a atenção para seu currículo, hoje o importante é saber fazer??? ??? destaca Wilson Bueno, co-fundador de uma startup de tecnologia que está instalada na cidade de Americana e que buscou aprimoramento em robótica na Holanda.Criatividade será a palavra-chave para o novo profissional que terá de ter sua ideia transformada em algo táctil, concreto e demonstrável.O domínio do conhecimento da robótica permitirá que crie-se protótipos de produtos com maior facilidade e agilidade, trazendo para a empresa a criatividade como a principal habilidade a ser exigida do profissional pois, proporcionará o ganho de inovação e desenvolvimento.  Mais que uma indústria de produtos será uma indústria de ideias.Mas, qualquer robótica serve?  Não.  Aquela robótica ensinada normalmente nas escolas, com pecinhas encaixadas e a acoplagem de um módulo de comando com funções pré-estabelecidas são apenas para o ambiente escolar, para despertar o interesse inicial em tecnologia.  ???Criatividade será a palavra-chave para o novo profissional que terá de ter sua ideia transformada em algo táctil, concreto e demonstrável. Mas, não basta ser criativo, tem de saber como transformar a ideia em um produto concreto, aí o Arduino é um diferencial.??? ??? destaca Bueno. Este é um nome que tem ganhado muito espaço nas mídias sociais e nas pesquisas do Google mas, que ainda pouca gente domina.  Para ter-se uma ideia, a NASA (o famoso centro de tecnologia aeroespacial dos Estados Unidos) faz uso do Arduino para a construção de protótipos.Trata-se de uma ferramenta que permite a criação e construção de praticamente qualquer objeto.  Desde um simples controlador de luz ambiente até a construção de satélites. Qualquer coisa é possível de ser criada, basta que tenha-se para isso conhecimento e criatividade.  ???Não é necessário ser um engenheiro eletrônico para aprender a construir dispositivos com o Arduino.  Uma criança com 8 anos de idade pode aprender e realizar estas construções.??? ??? enfatiza Bueno.Conhecer e trabalhar com a energia solar, sensores diversos, motores de passo, servo-motores, chip, e outros componentes são facilmente aprendidos pelas crianças e elas podem, com alguma orientação, construir dispositivos complexos.Em Americana, onde se pode aprender?Roblocks ??? Escola de Robótica e ProgramaçãoRua Capitão Corrêa Pacheco, 129 ??? Centro ??? Americana 
Sobre a RoblocksA Roblocks, startup de desenvolvimento de tecnologia para a saúde e educação está agora com escola de robótica livre com Arduino e programação, e ensinará aos alunos de diversas faixas etárias (a partir dos 08 anos de idade) conceitos de eletrônica digital, desenvolvimento e prototipagem, lógica computacional e programação, capacitando o aluno a construir dispositivos dos mais variados propósitos, desde um carrinho robótico à uma estação de medição meteorológica, por exemplo.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE