A jato. Decotelli pede demissão do Ministério da Educação

Foi a jato. O economista Carlos Decotelli durou pouquíssimos dias como ministro da Educação do governo Jair Bolsonaro.
Ele foi indicado como o novo ministro da Educação na semana passada, mas pediu para sair do governo Bolsonaro antes mesmo de tomar posse oficialmente.
A saída acontece após o currículo de Decotelli ter sido questionado por ao menos três instituições nas quais ele disse ter estudado ou trabalhado. Ele também foi acusado de plágio em sua dissertação de mestrado, o que negou.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE