Tecnologia

Meio digital recebe um terço das verbas investidas em publicidade

Especialista em tecnologia dá dicas de como divulgar o negócio na internet

Publicado em 2019-07-12 15:04:34 Atualizado em 2019-07-12 15:29:05 (2239 visualizações)

Um estudo realizado pela Interactive Advertising Bureau (IAB Brasil) em parceria com a  PWC apontou que o meio digital recebe um terço das verbas investidas em publicidade no País, e somente no ano passado faturou  o equivalente a 16,1 bilhões de reais. Segundo o relatório, os vídeos receberam a maior parte dos investimentos entre as modalidades de publicidade com 38%, seguido por display e mídias sociais com 34%, e classificados e comparadores de preço com 18%.

O Brasil é considerado o maior mercado de publicidade digital da América Latina, um levantamento divulgado pela eMarketer apontou que o País é responsável por 53% dos investimentos em anúncios. A previsão é que até o final do ano, a publicidade na internet ultrapasse a casa dos 9,1 bilhões de dólares no continente. Para o especialista em tecnologia e CEO da Lista Mais - plataforma de busca de pequenas empresas e profissionais liberais locais -, João Paulo Gonçalves, o crescimento dos anúncios na internet indica que as empresas estão cada vez mais atentas à necessidade de divulgação no meio digital. “A internet está se consolidando neste mercado, e atualmente, ela detém a segunda maior verba investida em publicidade”, comenta Gonçalves.

Segundo o especialista, além dos anúncios a adoção de algumas estratégias de marketing também são fundamentais para o bom posicionamento da marca no ambiente digital, entre elas o vídeo. “Ter um material institucional da empresa nesse formato ajuda na construção da marca, pois o comportamento do consumidor está mudando, e as pessoas preferem assistir um vídeo a ler, o cérebro também processa mais rápido a informação apresentada dessa maneira”, comenta, Gonçalves.

Dentre as estratégias que podem ser adotadas pelas empresas estão o investimento em SEO  (Search Engine Optimization), a otimização de sites, que ajuda no posicionamento na busca orgânica do Google. A divulgação dos negócios em portais específicos como a Lista Mais, que recebe cerca de 30 milhões de acessos por ano, é uma alternativa viável para micro, pequenas e médias empresas que desejam estar entre os primeiros resultados no buscador, mas não dispõem de altos valores para a contratação de uma agência. Os preços de investimento na plataforma custam a partir de R$ 149,00 mensais.

A Lista Mais também oferece a construção de um site, para empresas que ainda não têm endereço virtual ou que precisam reformular seu “cartão de visitas” na internet, e recentemente lançou no mercado a Loja Virtual, serviço destinado a profissionais liberais e PMEs que querem disponibilizar seus produtos para compra online. “Ter um site responsivo que pode ser acessado pelo celular, com fácil navegabilidade e que permite que os usuários acessem as informações com  agilidade é uma forma de atrair mais cliente para um negócio. Além disso, atualmente o e-commerce brasileiro representa 15% das vendas do varejo, por isso é essencial vender os produtos na web”, comenta Gonçalves. De acordo com o SPC Brasil, 74% dos brasileiros usam o celular para compras online. O especialista ainda destaca que investir em marketing nas redes sociais também é uma estratégia que traz retornos positivos durante a divulgação do negócio na internet.

A Lista Mais oferece serviços de criação de anúncios patrocinados, websites completos, elaboração de vídeos institucionais e também está apostando em inovação, com a implantação de novas ferramentas. “Estamos testando um piloto de um serviço que vai permitir o monitoramento de ligações, em que o empreendedor poderá gerenciar suas ligações recebidas e fazer um diagnóstico da qualidade do seu atendimento, para identificar as falhas e treinar sua equipe de vendas”, comenta Gonçalves.

Com unidades em Presidente Prudente e Araçatuba, a Lista Mais possui um portfólio completo de serviços digitais e possui um sistema para solicitação de orçamentos, que é enviado simultaneamente para as empresas, e ainda utiliza um software de cruzamento de dados, que oferece informações atualizadas sobre os contatos de diversas empresas, focado no consumidor. A empresa possui mais de 2 mil clientes e tem expectativa de chegar a 2.500 até o final do ano. 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Tecnologia

TSE aposta em I.A. pra auxiliar eleitores


Procon notifica FaceApp, Apple e Google


Internet e o suicídio


Aprender de graça: startup tem mais de 80 cursos online gratuitos


Instagram 'esconde' curtidas e visualizações



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza