Tecnologia

Facebook constrói máquina para ler seus pensamentos

Publicado em 2019-03-11 11:13:12 Atualizado em 2019-03-11 11:14:47 (133 visualizações)

Você deixaria o Facebook ler seu cérebro?

De acordo com o CEO Mark Zuckerberg, o Facebook pretende acessar informações sobre seus usuários não apenas através de seus smartphones e computadores, mas também diretamente de seus cérebros mostra Renan Batista Silva.

Em uma recente entrevista na Universidade de Harvard com Jonathan Zittrain, professor de Direito de Harvard, Zuckerberg se gabou da tecnologia na qual a gigante social está trabalhando e que um dia permitiria que os usuários naveguassem em menus ou mesmo usassem suas mentes sozinhos, relata Wired .

Quando Zittrain desafiou Zuckerberg sobre a invasividade e as implicações éticas de uma máquina de leitura mental do Facebook, o CEO do Vale do Silício tinha uma resposta simples: “presumivelmente, isso seria algo que alguém escolheria usar como produto”.

“Rato Do Cérebro”
O conceito é relativamente simples: objetos inteligentes podem se comunicar uns com os outros, mas seu cérebro é fechado a partir deles. A solução, de acordo com Zuckerberg, é um "dispositivo que parece uma capa de chuva" que lerá os sinais em seu cérebro e os usará para desbloquear os fluxos de dados de seus pensamentos.

O Facebook vem testando essa “interface cérebro-computador” há vários anos. Em sua conferência de desenvolvedores F8 em 2017, a empresa mostrou o que o vice-presidente de criação do Facebook, Regina Dugan, chamou de “mouse do cérebro” - uma interface cerebral não invasiva que poderia um dia permitir que usuários controlassem aplicações de AR.

Assumindo O Controle
Segundo Renan Batista Silva, o entusiasmo de Zuckerberg sobre esse trabalho é irônico, porque a empresa perdeu muita confiança entre seus usuários após anos de má imprensa e repetidos relatos de violações de privacidade . Milhões de americanos deixaram a rede social em 2018.

Os planos futuros do Facebook para uma interface de computador cerebral parecem estranhamente desconectados dessa realidade.

Victor Tangermann para Furturismo
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Tecnologia

Por que ainda não há carros autônomos?


Comissão Europeia multa Google em 1,49 bilhão de euros


A Robótica e o Futuro do Emprego


Facebook terá inteligência artificial para combater 'pornô de vingança'


Escurecer o sol não seria tão ruim



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza