Tecnologia

Cientistas criam espermatozoide em laboratório

Descoberta de cientistas ingleses dispensa o uso de gametas masculinos para reprodução

Publicado em 2019-01-07 19:09:59 Atualizado em 2019-01-07 19:09:59 (499 visualizações)

A reprodução sempre foi vista como a junção de um gameta masculino e um feminino. No entanto, essa visão está com os dias contados. Cientistas britânicos foram capazes de desenvolver espermatozoide em laboratório a partir de células-tronco da medula óssea feminina. Isso pode marcar o fim da necessidade do pai na reprodução humana.

O experimento foi realizado por pesquisadores da Universidade de Newcastle. Essa mesma equipe de cientistas, em 2017, conseguiu desenvolver espermatozoide em laboratório a partir da medula óssea de homens adultos.

Um dos grandes objetivos do estudo do espermatozoide feminino – como vem sendo chamado o espermatozoide em laboratório a partir de células de mulheres -, conforme os responsáveis pela descoberta, é possibilitar que casais de lésbicas possam ter filhos sem a necessidade de um doador de esperma.

Estudo semelhante está sendo desenvolvido no Brasil. O experimento está em andamento no Instituto Butantan, em São Paulo. Os cientistas brasileiros trabalham no desenvolvimento de óvulos e de espermatozoides a partir da cultura de células-tronco embrionárias de ratos machos. Nesse caso, o dilema é saber se os óvulos masculinos permitirão ser fertilizados.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Tecnologia

A Robótica e o Futuro do Emprego


Facebook terá inteligência artificial para combater 'pornô de vingança'


Escurecer o sol não seria tão ruim


Bons motivos para trabalhar com Blockchain


Facebook constrói máquina para ler seus pensamentos



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza