Tecnologia

IBM Watson no sistema tributário

Empresa começa a usar no Brasil

Publicado em 2017-06-05 11:40:51 Atualizado em 2017-06-05 11:40:51 (2567 visualizações)

Você conhece o IBM Watson, a plataforma de serviços cognitivos da IBM? O Watson ganhou projeção ao vencer o Jeopardy! - um popular programa perguntas e respostas da TV norte-americana - no qual superou os dois maiores vencedores da competição. Desde então, a tecnologia cognitiva da IBM vem sendo usada por empresas em várias partes do mundo e nas mais diversas áreas, inclusive na medicina, onde o Watson for Oncology avalia inúmeras fontes de informação e auxilia os médicos elaborar o melhor tratamento contra o câncer para seus pacientes.
 
O segmento tributário é mais uma área em que esta tecnologia está sendo aplicada no Brasil. Hoje, empresas sofrem com a complexidade e o grande volume de alterações de tributos – em média são 30 atos legais e normativos por dia, que alteram as regras de tributação no País, implicando em diversos erros por parte de profissionais da área. Para ajudar as companhias a evitar recolhimentos indevidos e risco de penalidades tributárias, a Systax, empresa de inteligência fiscal e única a organizar acervo com 3 milhões de regras tributárias – anuncia o lançamento de uma plataforma para pesquisa tributária.
 
Com isso, cada companhia pode ter um assistente cognitivo com a tecnologia Watson, que esclarecerá dúvidas fiscais, diminuindo a rotina para o cumprimento das obrigações e reduzindo custos. O lançamento está vinculado a uma nova unidade de negócios da Systax, nomeada Busca.Legal. “Com treinamentos e processos que envolvem tecnologia cognitiva, conhecimento e atualizações constantes, a Busca.Legal traz a vanguarda em soluções que interagem com o usuário para ajudá-lo nos mais diversos desafios da área tributária”, explica o diretor da Systax, Fábio Rodrigues.
A solução utiliza o Watson Explorer, que é uma plataforma cognitiva de pesquisa e análise de conteúdo. A tecnologia é capaz de interpretar uma gama de dados, estabelecer relações e padrões entre elas e ranquear as hipóteses para cada pergunta, transformando informações em conhecimento para tomadas de decisão. O grande destaque dessa aplicação é que a tecnologia compreende a linguagem natural – inclusive o idioma Português. O Watson passa por um processo de aprendizado constante em cada área que é utilizado, que o permite a conhecer a intenção de cada pergunta.
 
“Neste projeto, o foco é que a tecnologia IBM Watson ajude a tirar dúvidas tributárias.  Esta plataforma é treinada por especialistas e poderá aprender um pouco mais a cada dia. Em meio a um sistema tributário complexo como o nosso, a ferramenta cai como uma luva, já que consegue assimilar rapidamente as mudanças recentes e processar informações de maneira inteligente. É possível saber mais na página www.busca.legal”, finaliza Rodrigues.
 
Sobre a Computação Cognitiva - A computação cognitiva é considerada a Terceira Era Computacional, cujo maior objetivo é aumentar a capacidade cognitiva do ser humano. Seus sistemas reproduzem com certa semelhança a forma humana de pensar, interagir e aprender, extraindo conhecimento de dados não-estruturados - com fontes e formatos distintos como textos, imagens e vídeos. Os insights gerados podem contribuir para a solução de problemas complexos da humanidade e das empresas. O Watson é a plataforma cognitiva da IBM. No mundo, mais de 80 mil desenvolvedores já estão utilizando seus serviços na nuvem.
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Tecnologia

OpenBox2 chega a Campinas


Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor em 2020


'Startup da Unicamp' aposta em portaria robotizada


Como funcionam os Painéis Solares Transparentes


ITA realiza "Engineering Education for the Future"



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza