Saúde

Cientista indica uso de óleo de coco para lubrificação íntima

Publicado em 2019-06-12 20:00:07 Atualizado em 2019-06-12 20:00:07 (419 visualizações)

Você já imaginou que o óleo de coco extravirgem pode ser um aliado para proteção e equilíbrio da região íntima? A Dra. Jackeline Alecrim, especialista em Cosmética Avançada e Produtos naturais de plantas e derivados, aponta que o óleo de coco pode trazer muitos benefícios. Além de ser uma tendência mundial em áreas como nutrição e beleza, ele vem ganhando espaço entre profissionais de saúde incluindo ginecologistas e no meio científico dados os seus muitos benefícios, que vão muito além do embelezamento.

"a mucosa genital é sensível à ação de componentes presentes em sabonetes em geral, água da piscina e até mesmo corantes utilizados nos tecidos usados na confecção de roupas íntimas. Além de favorecer a irritação, algumas substâncias utilizadas na higienização da área podem remover parte do manto hidrolipídico corporal que funciona como uma barreira protetora da nossa pele contra agressões externas. O óleo de coco extravirgem pode ser utilizado como um repositor natural da proteção desta região, já que é composto por lipídeos que são extremamente benéficos para a pele e para o tecido íntimo, apresentando propriedades nutritivas e suavizantes, melhorando a qualidade tecidual e favorecendo o equilíbrio da microbiota local,  uma vez que apresenta propriedades anti-inflamatórias e citoprotetoras (substâncias capazes de proteger nossas células e nossos tecidos)", revela a pesquisadora.

Além dos benefícios para a saúde da região genital, a Dra. Jackeline Alecrim também revela que o produto também pode ser usado como lubrificante íntimo, oferencendo benefícios acima dos lubrificantes disponíveis no mercado: "o óleo de coco extravirgem puro, prensado a frio e 100% natural, apresenta alta qualidade lipídica e pode ser usado também como um lubrificante íntimo natural, que melhora a sensibilidade local favorecendo orgasmos mais intensos, já que otimiza o deslizamento e a utilização melhora a vascularização local, sendo uma excelente opção já que não possui corantes e nem aditivos artificiais". 

Apesar de todos os benefícios, a especialista alerta que é preciso ter certos cuidados para o uso: "o uso do óleo de coco não é recomendado junto com preservativos de látex, pois o óleo pode alterar a permeabilidade do mesmo.  O ideal é optar por preservativos resistentes a ação de óleos vegetais. Mas mesmo optando pelo uso diário após o banho  o óleo de coco pode favorecer a lubrificação íntima natural. Aplicar uma pequena quantidade de óleo de Coco Extravirgem sobre toda a região íntima após o banho ajuda a nutrir, proteger e melhorar a qualidade do tecido desta região".
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Saúde

Sua bolsa tem mais de 1 milhão de bactérias


Existe realmente motivo para deixar de comer carne?


Reposição hormonal: quando e por que fazer


4 dicas tântricas para casais redescobrirem o prazer


5 exemplos de doenças psicossomáticas mais comuns



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza