Saúde

Para que serve a Medicina Nuclear?

Entenda porque os médicos indicam este exame

Publicado em 2019-02-06 05:00:13 Atualizado em 2019-02-06 05:00:13 (286 visualizações)

A medicina nuclear é um campo de especialidade médica, a medicina nuclear emprega rastreadores radioativos na avaliação das funções do corpo, bem como no diagnóstico e tratamento de doenças. Médicos monitoram o movimento de traçadores radioativos através de câmeras especialmente projetadas. A tomografia computadorizada por emissão de fóton único (Single Photon Emission Tomography) e PET (positron Emission Tomography) são as modalidades de imagem mais prevalentes no campo.

Traçadores Radioativos

Um traçador radioativo é composto de moléculas transportadoras que são fortemente ligadas a um átomo radioativo. As moléculas transportadoras variam muito, dependendo do objetivo da varredura. Existem traçadores que usam moléculas que reagem a um açúcar ou proteína específica do corpo. Eles podem até usar as células do paciente.
Nos casos em que os médicos devem conhecer a causa do sangramento intestinal, eles podem incluir átomos radioativos em células de amostra de sangue vermelho do paciente. O sangue é então reinjetado. Para monitorar o caminho do sangue dentro do corpo do paciente, eles usam um SPECT. Os médicos são capazes de identificar áreas problemáticas através da radioatividade que se acumula nos intestinos.
Existem vários métodos para administrar um marcador radioativo. A injeção intravenosa é comum em estudos de medicina nuclear diagnóstica. O traçador também pode ser administrado por injeção oral, inalação, bem como por injeção direta de órgãos. O processo da doença em estudo determina o modo de administração.
Os radiofármacos são traçadores aprovados pelo FDA. Eles atendem aos rigorosos padrões estabelecidos para segurança e desempenho para uso clínico. Cabe ao profissional de medicina nuclear escolher o marcador correto que ofereça as informações mais confiáveis e específicas para a situação de um determinado paciente. O traçador selecionado determinará se o paciente é submetido a um exame PET ou SPECT.

SPECT ou Tomografia Computadorizada de Emissão de Fóton Único

Um instrumento de imagem SPECT oferece imagens tomográficas ou tridimensionais da distribuição da molécula traçadora radioativa no corpo. As imagens 3D geradas por computador são tiradas de vários ângulos. As ferramentas de imagem SPECT são fornecidas com detectores de câmera gamma que podem identificar as emissões de raios gama dos traçadores em um comprimento de onda diferente da luz visível. Como o paciente se encontra em uma paleta imóvel, as câmeras em um pórtico giratório se movem em um círculo apertado.

PET ou tomografia por emissão de pósitrons

Como o SPECT, o PET também usa produtos radiofarmacêuticos na criação de imagens tridimensionais. Há uma grande diferença nos dois tipos de varreduras, no entanto. Está no tipo de radiotraçador que eles usam. O SPECT mede os raios gama, mas o PET produz partículas minúsculas conhecidas como pósitrons. Os pósitrons têm aproximadamente a mesma massa que os elétrons. Mas eles têm uma carga oposta. Eles reagem com os elétrons do corpo, mas quando um elétron encontra um pósitron, eles se aniquilam. O resultado é a formação de 2 fótons disparando em direções opostas. Os detectores de scanner PET medem fótons e usam as informações coletadas para criar imagens de órgãos internos.

Usos de exames de medicina nuclear

Os exames de SPECT são frequentemente usados para diagnosticar e rastrear a progressão da doença cardíaca, incluindo artérias coronárias bloqueadas. Outros radiotraçadores estão disponíveis para detectar distúrbios ósseos, sangramento intestinal e doença da vesícula biliar. Recentemente, agentes do SPECT que ajudam no diagnóstico da doença de Parkinson, e a diferenciam de outras demências e distúrbios do movimento que estão anatomicamente ligados, tornaram-se disponíveis.

PET são utilizados principalmente para detectar e monitorar a progressão do câncer, metástases e resposta ao tratamento. O uso de glicose dependerá da intensidade do tecido e da atividade celular. Um aumento significativo é feito em células cancerosas que se dividem em ritmo acelerado. Na maioria dos tipos de câncer, o nível de agressividade é paralelo à taxa de utilização de glicose. Moléculas de glicose radiomarcadas que são ligeiramente modificadas são os melhores traçadores na detecção de câncer, assim como sua disseminação metastática.

Um instrumento combinado que gera tanto tomografia computadorizada quanto tomografia computadorizada (PET) das mesmas áreas do corpo em um único exame surgiu como o principal equipamento de imagem para o estadiamento de muitos tipos de câncer no mundo.
A FDA aprovou recentemente uma sonda PET que ajuda a diagnosticar com precisão a doença de Alzheimer. No passado, o diagnóstico preciso só era possível após a morte do paciente. Sem o teste de imagem PET, seria difícil distinguir o Alzheimer de outros tipos de demência que afligem os idosos.

Riscos da Medicina Nuclear Diagnóstica

A maioria dos radiofármacos em estudos de medicina nuclear diagnóstica produz uma dose total de radiação em pacientes que não excede o que uma tomografia computadorizada de rotina ou radiografia de tórax produz. Existe uma preocupação válida sobre a possibilidade de indução do câncer, mesmo em níveis baixos de exposição à radiação. Isso pode acontecer com a exposição cumulativa a exames de imagens médicas.
O risco é mínimo, comparado aos benefícios que você pode obter de estudos de diagnóstico por imagem para aplicações médicas. Semelhante aos radiologistas, os médicos em medicina nuclear fazem de tudo para limitar a exposição do paciente à radiação. Eles usam a menor quantidade possível de radiotraçador nas circunstâncias.

Como os pesquisadores contribuem para o avanço da medicina nuclear

A pesquisa médica nuclear envolve o desenvolvimento de novos rastreadores e tecnologias de rádio. Essas ferramentas podem ajudar os médicos a gerar imagens mais nítidas.
As infecções bacterianas são complicações comuns dos implantes médicos. Com mais e mais pacientes recebendo implantes hoje, essas infecções estão se tornando uma preocupação crescente também.
Hoje, as infecções são detectadas com base nos resultados de exames físicos e culturas microbianas. Mas essas técnicas de detecção se mostram eficazes apenas nos estágios finais das infecções. Até então, eles se tornaram difíceis de remediar.
Por outro lado, os dispositivos médicos podem ser removidos desnecessariamente quando os médicos confundem a inflamação que é normal durante o pós-operatório com inflamação causada por uma infecção.
Atualmente, o NBIB apóia a pesquisa nos esforços para criar uma nova linha de agentes de imagem PET para células bacterianas e não humanas. Com esses agentes de imagem, os médicos podem diagnosticar infecções bacterianas durante os estágios iniciais. Dessa forma, eles podem administrar o tratamento rapidamente. Isso reduzirá o número de instâncias de remoção desnecessária de dispositivos implantados. Eles também podem ser úteis no diagnóstico de infecções que não estão relacionadas a dispositivos médicos. Estes incluem infecções cardíacas e pulmonares.

Desenvolvendo Nova Tecnologia

Atualmente, os marcadores de SPECT estão disponíveis para o diagnóstico preciso da doença de Parkinson. Mas existe uma pequena região do cérebro que requer o uso de um gerador de imagens SPECT especial para o cérebro. O imager possui câmeras gama que produzem imagens de alta resolução. Como esperado, isso torna o procedimento mais caro.

A cdmcdm.com.br apóia os esforços de pesquisa que visam criar um adaptador acessível para a maioria dos dispositivos de imagem SPECT tradicionais que muitos hospitais usam atualmente. Com o adaptador, uma câmera SPECT clínica padrão pode fornecer imagens com a mesma alta resolução que somente um sistema especial de imagens cerebrais SPECT pode oferecer. O diagnóstico da doença de Parkinson será então mais barato e mais acessível para mais pessoas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Saúde

Por que os adolescentes estão bebendo tanto?


Cinco dúvidas sobre suspender a menstruação


Casos de dengue sobem rapidamente em Americana


Meningite atinge principalmente crianças de até 4 anos


Vigilância recolhe 53 caminhões de criadouros de dengue



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza