Saúde

Cross regional começa a ser testado

Vale para toda RMC

Publicado em 2018-10-03 15:00:31 Atualizado em 2018-10-03 15:00:31 (401 visualizações)

A Secretaria de Estado da Saúde anuncia nesta quarta-feira, 3 de outubro, o projeto-piloto de regionalização da Cross (Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde) em Campinas.

O primeiro núcleo regional será implantado no Departamento Regional de Saúde (DRS) de Campinas, auxiliando ininterruptamente na viabilização da assistência a pacientes dos 42 municípios que necessitarem, por exemplo, de atendimentos de urgência e emergência, oncologia e hemodiálise. Os processos de regulação serão embasados em pactuação e protocolos assistenciais, visando oferecer assistência em serviços de referência mais próximos e adequados para cada caso.

A Secretaria investiu R$ 838,6 mil para adequações estruturais do espaço onde o serviço será instalado, que será mantido com um custeio mensal de R$ 530,9 mil, por meio de contrato de gestão. A implantação será realizada em até 60 dias.

Inicialmente, 16 profissionais atuarão no serviço, que funcionará 24 horas por dia, 7 dias por semana, nos mesmos moldes da matriz da Cross, localizada na capital. Oferecerá ainda o recurso de telemedicina, permitindo a discussão de casos e cenários entre profissionais de hospitais distintos, além de operar em cogestão com os complexos reguladores municipais.

“A criação do núcleo regional de regulação, com o piloto em Campinas, demonstra nosso empenho em fortalecer a assistência descentralizada, unificando as redes locais e aproximando os pacientes do SUS. A Cross atua na organização dos fluxos de pacientes que necessitam de vagas, priorizando os casos conforme gravidade e urgência, segundo as diretrizes do SUS. Desse modo, garante agilidade, maior transparência e equidade nos processos”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Marco Antonio Zago.

A Cross possui um sistema online que busca vaga disponível em várias unidades (não apenas nos hospitais Estaduais), na região de origem do paciente e, eventualmente, em todo o Estado, conforme o recurso necessário. Assim, é possível buscar o atendimento necessário ao paciente, no local mais próximo com disponibilidade e capacidade para atender cada caso. Todos os casos são cadastrados pela unidade de origem do paciente, a quem também compete viabilizar a transferência de pacientes regulados.

A gestão da Cross Regional de Campinas será feita em parceria com o Seconci-SP (Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo), entidade filantrópica, sem fins lucrativos e parceira do Estado há 19 anos na gestão de serviços de saúde, incluindo hospitais e Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs) instalados em diversas cidades paulistas.

 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Saúde

10 dicas para manter o foco no treino após o Verão


Veja como 2 pacientes foram curados do HIV


Canito quer 'dar um pau' no mosquito da dengue


Conheça os Benefícios do abacate para sua pele


HM de Americana precisa de doações de sangue



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza