Saúde

SM: Pref. investe 25% das receitas em Saúde

Dados foram apresentados na audiência pública

Publicado em 2018-09-29 18:02:42 Atualizado em 2018-09-30 00:07:58 (509 visualizações)

Ao final do 2º quadrimestre de 2018, a Prefeitura de Sumaré já investiu 25% das suas receitas na área da Saúde, ultrapassando a aplicação mínima exigida por lei, que é de 15%. Os dados foram apresentados na última quinta-feira, dia 27, em audiência pública de prestação de contas realizada na Câmara Municipal. Com os investimentos, a Prefeitura ampliou em 23% o número de atendimentos na rede de Atenção Básica e em 53% no Ambulatório de Especialidades.

De acordo com o relatório, de janeiro a agosto de 2018 foram empenhados R$ 83,72 milhões na Saúde de Sumaré, o que representa cerca de 25% das receitas de impostos no período. De acordo com a legislação, a aplicação mínima é de 15%, o que ficaria em torno de R$ 51,7 milhões.

“A Saúde é prioridade no nosso governo e os números mostram a evolução na estrutura e na qualidade do atendimento da rede municipal. Agradecemos ao empenho de toda a equipe até aqui e continuamos trabalhando para oferecer aos nossos moradores um serviço cada vez mais ágil e humanizado”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

Na rede de Atenção Básica, foram realizados de janeiro a agosto deste ano 625.442 atendimentos, entre consultas, procedimentos de enfermagem, odontológicos e visitas domiciliares. O número é 22% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando foram realizados 515.047 atendimentos – ou seja, são 110.395 atendimentos a mais neste ano.

No Ambulatório de Especialidades Médicas, no 2º quadrimestre do ano, a Prefeitura de Sumaré investiu no aumento da oferta de consultas de oftalmologia – com abertura de atendimentos aos sábados, totalizando 500 atendimentos por semana –, neurologia e endocrinologia. No período, foram realizados 35.852 atendimentos no Ambulatório, entre consultas médicas, fisioterapia, fonoaudiologia, exames como eletrocardiograma, espirometria e outros procedimentos. O número representa uma evolução de 53% nos atendimentos quando comparado ao 1º quadrimestre de 2017, início da atual gestão, quando foram registrados 23.460 atendimentos.

Já em urgência e emergência, foram realizados 489.133 procedimentos nas quatro unidades de pronto atendimento da cidade de maio a agosto deste ano, sendo 289.997 na UPA Macarenko e 130.951 na UPA Matão. Somando as quatro unidades (PA Nações e PA Maria Antonia), são 12.530 procedimentos a mais no 2º quadrimestre, com relação ao quadrimestre anterior (janeiro a abril).

Esses e outros dados foram apresentados pelo secretário municipal de Saúde, Rubens Gatti, e demais responsáveis pelos diversos setores da pasta, na presença do Conselho Municipal de Saúde, que aprovou o relatório de prestação de contas. Durante a apresentação, o secretário também destacou a entrega de duas novas e inéditas unidades de atendimento em saúde em Sumaré – os Centros da Criança, na Área Cura e região central –, além das novas UBS do Bordon, Florely e Veccon, com estrutura mais ampla e moderna, permitindo aumentar e humanizar ainda mais o atendimento.

“Sabemos que ainda temos muito trabalho pela frente, mas, com muita dedicação e empenho de toda a equipe, a realidade encontrada hoje na Saúde de Sumaré é bastante diferente daquela que nos deparamos no início de 2017. Nosso trabalho continua, não vamos medir esforços para oferecer um atendimento cada vez mais digno à população de Sumaré, como prioriza o prefeito Luiz Dalben”, destacou o secretário.

 

 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Saúde

Estresse e saúde bucal estão conectados


Os novos horizontes da neurociência


Imunoterapia será principal droga contra câncer, diz Nobel de Medicina


Empresas brasileiras de medicamentos apostam no natural


HM tem obra para receber novas lavadoras



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza