Saúde

SM: Pref. investe 25% das receitas em Saúde

Dados foram apresentados na audiência pública

Publicado em 2018-09-29 18:02:42 Atualizado em 2018-09-30 00:07:58 (438 visualizações)

Ao final do 2º quadrimestre de 2018, a Prefeitura de Sumaré já investiu 25% das suas receitas na área da Saúde, ultrapassando a aplicação mínima exigida por lei, que é de 15%. Os dados foram apresentados na última quinta-feira, dia 27, em audiência pública de prestação de contas realizada na Câmara Municipal. Com os investimentos, a Prefeitura ampliou em 23% o número de atendimentos na rede de Atenção Básica e em 53% no Ambulatório de Especialidades.

De acordo com o relatório, de janeiro a agosto de 2018 foram empenhados R$ 83,72 milhões na Saúde de Sumaré, o que representa cerca de 25% das receitas de impostos no período. De acordo com a legislação, a aplicação mínima é de 15%, o que ficaria em torno de R$ 51,7 milhões.

“A Saúde é prioridade no nosso governo e os números mostram a evolução na estrutura e na qualidade do atendimento da rede municipal. Agradecemos ao empenho de toda a equipe até aqui e continuamos trabalhando para oferecer aos nossos moradores um serviço cada vez mais ágil e humanizado”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

Na rede de Atenção Básica, foram realizados de janeiro a agosto deste ano 625.442 atendimentos, entre consultas, procedimentos de enfermagem, odontológicos e visitas domiciliares. O número é 22% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando foram realizados 515.047 atendimentos – ou seja, são 110.395 atendimentos a mais neste ano.

No Ambulatório de Especialidades Médicas, no 2º quadrimestre do ano, a Prefeitura de Sumaré investiu no aumento da oferta de consultas de oftalmologia – com abertura de atendimentos aos sábados, totalizando 500 atendimentos por semana –, neurologia e endocrinologia. No período, foram realizados 35.852 atendimentos no Ambulatório, entre consultas médicas, fisioterapia, fonoaudiologia, exames como eletrocardiograma, espirometria e outros procedimentos. O número representa uma evolução de 53% nos atendimentos quando comparado ao 1º quadrimestre de 2017, início da atual gestão, quando foram registrados 23.460 atendimentos.

Já em urgência e emergência, foram realizados 489.133 procedimentos nas quatro unidades de pronto atendimento da cidade de maio a agosto deste ano, sendo 289.997 na UPA Macarenko e 130.951 na UPA Matão. Somando as quatro unidades (PA Nações e PA Maria Antonia), são 12.530 procedimentos a mais no 2º quadrimestre, com relação ao quadrimestre anterior (janeiro a abril).

Esses e outros dados foram apresentados pelo secretário municipal de Saúde, Rubens Gatti, e demais responsáveis pelos diversos setores da pasta, na presença do Conselho Municipal de Saúde, que aprovou o relatório de prestação de contas. Durante a apresentação, o secretário também destacou a entrega de duas novas e inéditas unidades de atendimento em saúde em Sumaré – os Centros da Criança, na Área Cura e região central –, além das novas UBS do Bordon, Florely e Veccon, com estrutura mais ampla e moderna, permitindo aumentar e humanizar ainda mais o atendimento.

“Sabemos que ainda temos muito trabalho pela frente, mas, com muita dedicação e empenho de toda a equipe, a realidade encontrada hoje na Saúde de Sumaré é bastante diferente daquela que nos deparamos no início de 2017. Nosso trabalho continua, não vamos medir esforços para oferecer um atendimento cada vez mais digno à população de Sumaré, como prioriza o prefeito Luiz Dalben”, destacou o secretário.

 

 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Saúde

10 dicas para manter o foco no treino após o Verão


Veja como 2 pacientes foram curados do HIV


Canito quer 'dar um pau' no mosquito da dengue


Conheça os Benefícios do abacate para sua pele


HM de Americana precisa de doações de sangue



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza