Saúde

Pref investiu 25% em saúde no 1o Tri

Secretário apresentou resultados

Publicado em 2018-06-20 08:31:01 Atualizado em 2018-06-20 08:31:01 (527 visualizações)

No 1º quadrimestre de 2018, a Prefeitura de Sumaré investiu 25% de suas receitas na área da Saúde, ultrapassando a aplicação mínima exigida por lei, que é de 15%. Os dados foram apresentados na última quinta-feira, dia 14, em audiência pública de prestação de contas realizada na Câmara Municipal. Com os investimentos, a Prefeitura ampliou em 25% o número de atendimentos na rede de Atenção Básica, em 31% no Ambulatório de Especialidades e em 8% nas duas principais unidades de urgência e emergência do município – as UPAs Macarenko e Matão.

De acordo com o relatório, de janeiro a abril de 2018 foram empenhados R$ 47 milhões na Saúde de Sumaré, o que representa cerca de 25% das receitas de impostos no período. De acordo com a legislação, a aplicação mínima é de 15%, o que ficaria em torno de R$ 28 milhões.

“A Saúde é prioridade no nosso governo e iniciamos este segundo ano de gestão com várias conquistas e números expressivos. Eles mostram a evolução na estrutura e na qualidade do atendimento da rede municipal, além do resgate da confiança da população quando o assunto é saúde pública. Agradecemos ao empenho de toda a equipe até aqui e continuamos trabalhando para oferecer aos nossos moradores um serviço cada vez mais ágil e humanizado”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

Na rede de Atenção Básica, foram realizados 254.969 atendimentos no 1º quadrimestre deste ano, entre consultas, procedimentos de enfermagem, odontológicos e visitas domiciliares. O número é 25% maior que o registrado no quadrimestre anterior (setembro a dezembro de 2017), quando foram realizados 191.788 atendimentos. A Prefeitura de Sumaré também ampliou os “Grupos de Cuidado em Saúde” de 153 no último quadrimestre de 2017 para 182 no primeiro quadrimestre deste ano – um aumento de 19%. Estes grupos visam à promoção a saúde – são grupos que trabalham questões como planejamento familiar, saúde da mulher, saúde mental, tabagismo, hipertensão, diabetes, grupos de gestantes, de caminhadas, Lian Gong, desenvolvimento infantil, entre outros.

No Ambulatório de Especialidades Médicas, os números também são positivos. A Prefeitura de Sumaré investiu no aumento da oferta de vagas de consultas em cardiologia e oftalmologia; contratou médicos pneumologista (pulmões) e nefrologista (rins); realizou uma reestruturação no atendimento de enfermagem, elaborando normas e rotinas; adquiriu novos equipamentos e realizou outros investimentos estruturais como a instalação de ar condicionado nos consultórios e de ventiladores nas salas de espera, conserto do telhado, entre outras ações. Com tudo isso, o atendimento foi ampliado em 31% se comparado a 2017. Ao todo, foram registrados no 1º quadrimestre deste ano 33.815 atendimentos em consultas médicas, fisioterapia, fonoaudiologia, exames como eletrocardiograma e espirometria, entre outros procedimentos. No mesmo período do ano passado, haviam sido 23.460 atendimentos.

O Centro de Especialidades Odontológicas também apresentou evolução de 24%, passando de 3.750 atendimentos realizados de janeiro a abril de 2017, para 4.924 no mesmo período deste ano.

Em urgência e emergência, os resultados não são diferentes. Foram 147.342 pessoas atendidas nas cinco unidades de pronto atendimento da cidade, sendo 69.402 na UPA Macarenko e 40.851 na UPA Matão. Nessas duas unidades, o aumento é de 8,25% no número de atendimentos se comparado ao quadrimestre anterior (setembro a dezembro de 2017).

Esses e outros dados foram apresentados pelo secretário municipal de Saúde, Rubens Gatti, e demais responsáveis pelos diversos setores da pasta, na presença do Conselho Municipal de Saúde, que aprovou o relatório de prestação de contas.

“Sabemos que ainda temos muito trabalho pela frente, mas, com muita dedicação e empenho de toda a equipe, a realidade encontrada hoje na Saúde de Sumaré é bastante diferente daquela que nos deparamos no início de 2017. Nosso trabalho continua, não vamos medir esforços para oferecer um atendimento cada vez mais digno à população de Sumaré, como prioriza o prefeito Luiz Dalben”, destacou o secretário.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Saúde

"Saúde sem Tabaco" inicia primeiro grupo de 2019


HM divulga Campanha "Janeiro Branco"


Porções exageradas pesam na conta da obesidade


UBS do Romano e Laudissi em fase final de construção


Americana recebe duas ambulâncias via emenda



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza